Circuito de Gales apresenta nova proposta de financiamento

Organização do Circuito de Gales apresentou nova proposta de financiamento para governo galês e pode dar início à construção ainda neste ano da futura sede do GP da Grã-bretanha de MotoGP

O Circuito de Gales dá mais um passo para sair do papel. O projeto, revelado pela primeira vez em 2011, sofreu um duro golpe em abril do ano passado, quando o governo galês não aprovou a compra do terreno para a construção da pista, o que obrigou os organizadores a voltarem para a fase de planejamento.

Os organizadores assinaram um contrato com a MotoGP para sediar o GP da Grã-Bretanha entre 2015 e 2019. Sem o circuito, porém, coube a Silverstone permanecer com a prova.

Em julho do ano passado, Ken Skates, membro da Secretaria de Economia e de Infraestrutura do País de Gales, deixou claro que para que o projeto fosse considerado, a organização do circuito precisaria garantir 50% do financiamento com a iniciativa privada.

Em um comunicado divulgado nesta quarta-feira (7), Skates disse que os responsáveis pela construção da pista apresentaram uma nova proposta que "inclui os nomes dos investidores privados e cumpre as condições impostas em julho."

O governo galês agora conduz diligências e avalia a nova proposta antes de dar o sinal verde para o início das obras, o que pode acontecer ainda neste ano.

A organização do Circuito de Gales emitiu um comunicado sobre o tema, ressaltando que faltam poucos detalhes para que o projeto finalmente saia do papel.

"Estamos nos preparando para lidar com os detalhes finais e a documentação com o governo galês e nossos parceiros."

"Estamos trabalhando com um prazo e esperamos dar início às obras no segundo semestre deste ano para trazer à realidade nossa visão de um local moderno para o esporte a motor, lazer, turismo e inovação, que transformará a comunidade local gerando empregos e estimulará a economia do país", completou.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Tipo de artigo Últimas notícias