Contusão tira Luthi de primeiro teste na MotoGP

Depois de se acidentar na classificação para o GP da Malásia, piloto não terá tempo para se recuperar de fratura no tornozelo

O suíço Thomas Luthi não estará apto a voltar a subir na moto nas próximas semanas. Luthi caiu na curva 2 do circuito de Sepang durante a classificação para o GP da Malásia da Moto2 no último final de semana e teve uma fratura de tornozelo, que o forçou a desistir da prova.

Com isso, o piloto de 31 anos não irá participar da última corrida de sua 11ª e última temporada na classe intermediária, em Valência. O suíço terminará como vice-campeão independentemente do resultado.

Isso também significa que Luthi não conseguirá fazer sua estreia na moto Honda RC213V da Marc VDS no teste de dois dias após o final de semana. Seria seu primeiro teste como piloto oficial da MotoGP.

"Infelizmente, não poderei participar da minha última corrida na Moto2 na minha Kalex em Valência", escreveu Luthi nas redes sociais nesta terça-feira.

"Eu tenho que reparar o tornozelo com uma cirurgia nesta semana. Espero começar o programa de reabilitação cedo para voltar às minhas pernas rapidamente."

Embora ele provavelmente tenha que esperar até o próximo ano para provar a moto da Marc VDS, Luthi já possui experiência anterior em testes de MotoGP, pois já testou pela KTM no ano passado.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP , Moto2
Pilotos Thomas Luthi
Equipes Marc VDS Racing Team
Tipo de artigo Últimas notícias