Crutchlow é dúvida para corrida de Le Mans

compartilhar
comentários
Crutchlow é dúvida para corrida de Le Mans
Oriol Puigdemont
Por: Oriol Puigdemont , MotoGP Editor
Traduzido por: Daniel Betting
19 de mai de 2018 18:54

Piloto britânico sofreu forte impacto depois de cair de sua Honda durante o Q1 do GP da França de MotoGP

Cal Crutchlow, Team LCR Honda
Cal Crutchlow, Team LCR Honda
Cal Crutchlow, Team LCR Honda
Cal Crutchlow, Team LCR Honda
Cal Crutchlow, Team LCR Honda crash
Cal Crutchlow, Team LCR Honda, Marc Marquez, Repsol Honda Team crash

Le Mans (França) - Cal Crutchlow sofreu uma queda enquanto atacava o cronómetro no Q1 de Le Mans à procura de uma curva rápida que lhe permitiria entrar na luta pela pole. O britânico foi ejetado de sua Honda, atingindo o asfalto com violência. Uma vez que parou, a moto, que vinha deslizando na pista, colidiu com o corpo do piloto, que foi transferido para o centro médico do circuito para um primeiro teste.

 

 Depois de descartar qualquer fratura ou ferimento grave na primeira avaliação, Cal foi transportado de ambulância para um centro médico próximo para realizar exames mais completos, já que o piloto sentia muita dor.

Testes subsequentes não encontraram nenhuma fratura ou lesão grave, mas seguindo o protocolo médico francês, o piloto deve permanecer em observação e é dúvida para a corrida deste domingo.

O chefe dos serviços médicos da MotoGP, Dr. Angel Charte, garantiu aos microfones da Movistar + que farão "tudo o que for possível" para que Crutchlow possa estar no grid para a largada.

 

"Depois de fazer uma tomografia computadorizada, foi constatada uma contusão pulmonar no lado direito do corpo quando bateu no chão, mas é quase cem por cento certo que não há nenhum tipo de fratura. Uma análise inicial nos leva a pensar que há algum distúrbio secundário. Em uma nova revisão e exame de sangue será que feito em poucas horas, vamos saber se o deixaremos em observação por 12 horas ou não", disse.

"A boa notícia é que Cal não tem fratura ou órgão vital afetado, já que a área que ele impactou é o fígado. Afetou o pulmão um pouco, mas eu quero pensar que não haverá problema e que ele será capaz de estar no grid de largada. Faremos o que for preciso para que isso aconteça. Isso enquanto não houver alteração durante essas 12 horas. Ele é um homem forte e duro, e se for descartada patologia óssea não haverá problema", explicou o Dr. Charte.

Assim, se Cal finalmente passar 12 horas sob observação, que se encerra no domingo de manhã, antes do warm up, será tomada a decisão médica se ele pode continuar participando do GP da França.

Próxima MotoGP matéria

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Evento GP da França
Localização Le Mans Circuit Bugatti
Pilotos Cal Crutchlow
Autor Oriol Puigdemont
Tipo de matéria Últimas notícias