Crutchlow: Treino durante o dia no Catar é desperdício

compartilhar
comentários
Crutchlow: Treino durante o dia no Catar é desperdício
Jamie Klein
Por: Jamie Klein
16 de mar de 2018 21:21

Cronograma revisado da sexta-feira para GP do Catar não deixou britânico feliz. Valentino Rossi também opinou

Cal Crutchlow, Team LCR Honda
Cal Crutchlow, Team LCR Honda
Marc Marquez, Repsol Honda Team, Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
Franco Morbidelli, Estrella Galicia 0,0 Marc VDS

Para 2018, o cronograma no circuito de Losail foi ajustado às outras pistas do calendário da MotoGP, com três dias de ação na pista e o horário de início da corrida sendo atrasado em duas horas.

Isso resultou no TL1 e TL3 realizados durante a tarde, em condições muito mais quentes do que seria esperado para a corrida, que deverá ocorrer às 19h no horário local, no domingo.

O piloto da LCR Honda, Cal Crutchlow, que terminou o primeiro dia em oitavo, a meio segundo de Andrea Dovizioso, disse que sentiu que o TL1 tinha sido um desperdício.

"Obviamente, foi nossa decisão também com a Comissão de Segurança, os pilotos pediram por isso, pedimos que a corrida fosse mais cedo e essa foi a programação que nos foi permitida", disse o inglês.

"Essas sessões à luz do dia não são apenas sessões desperdiçadas, mas são pneus desperdiçados também. Você poderia testar nas condições corretas.”

"No teste, não deixei o pitbox até as 17h30, porque é inútil sair mais cedo quando corremos à noite."

Crutchlow acrescentou que começar a corrida às 20h poderia ser uma solução melhor para as próximas temporadas.

"Acho que devemos talvez voltar às 20h", disse ele. "Nós estávamos às 21h [no último ano], agora estamos às 19h.”

Valentino Rossi, o nono mais rápido da sexta-feira, ecoou os sentimentos de Crutchlow, mas disse que a mudança para três dias de ação na pista era bem-vinda.

"Para mim, é melhor ter o fim de semana de apenas três dias e não em quatro, porque quatro dias são muito longos e estou muito feliz de correr às 19h e não às 21h, porque a pista está melhor", disse o italiano.

"O único problema é que o TL1, o TL3 e o warm-up são muito importantes e você faz com uma temperatura mais quente.”

Relatos adicionais por Oriol Puigdemont e Khodr Rawi

Próxima MotoGP matéria
GALERIA: O capacete de Lorenzo para 2018

Previous article

GALERIA: O capacete de Lorenzo para 2018

Next article

Yamaha: VR46 não é empecilho para acordos com outras equipes

Yamaha: VR46 não é empecilho para acordos com outras equipes