De Angelis tem sedação reduzida e já pode falar

Piloto de San Marino segue internado em situação crítica, mas segue se recuperando do violento acidente nos treinos em Motegi

De acordo com a MotoGP, o piloto Alex de Angelis teve a sua sedação reduzida e já pode falar com familiares e pessoas próximas. O competidor de San Marino sofreu um violento acidente durante os treinos para a etapa de Motegi do Mundial da categoria. 

De Angelis, 31 anos, sofreu uma lesão no pulmão e fraturas nas vértebras depois do violento impacto com a sua moto da equipe Ioda Racing ART na curva 9 do circuito japonês.

No Dokky Hospital, onde foi levado de helicóptero, os primeiros exames também apontaram um sangramento intracraniano, mas depois foi contido. 

Embora sua condição siga como crítica, De Angelis teve a sua sedação reduzida e já consegue conversar. No entanto, ele seguirá internado para que os médicos acompanhem a sua evolução nos próximos dias. 

"Na segunda-feira, De Angelis passou uma tomografia na cabeça e no peito, que mostraram que o hematoma intracraniano se manteve sem mudanças, enquanto as contusões nos pulmões tiveram uma ligeira melhora", informou a MotoGP por meio do site oficial.

"Piloto se mantém em estado crítico, mas a sua sedação foi reduzida. Ele consegue conversar e foi orientado sobre tempo e espaço."

"Ele passará por uma nova tomografia na cabeça nas próximas 48 e 72 horas para assegurar que o hematoma intracraniano está estável e ao mesmo passo o pulmão passará por novas avaliações."

A equipe Ioda ainda precisará escolher um substituto para De Angelis para o GP da Austrália, em Phillip Island, no próximo fim de semana.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Evento GP do Japão
Pista Twin Ring Motegi
Pilotos Alex de Angelis
Equipes IodaRacing Project
Tipo de artigo Últimas notícias