Derrotado, Márquez avisa: “na Austrália pode ser diferente”

Espanhol perde pela segunda vez no ano para Dovizioso na última curva e vê vantagem no mundial diminuindo em cinco pontos

O GP do Japão deste domingo (15) vai ficar por muito tempo na memória dos fãs da MotoGP. O duelo entre Andrea Dovizioso e Marc Márquez até a última curva da última volta na chuva foi vencido de maneira sensacional pelo italiano da Ducati, que cortou cinco pontos de desvantagem do campeonato.

Após a prova, Márquez lamentou o erro na curva 8 na última volta e prometeu que a história pode ser diferente na semana que vem.

“Foi uma corrida incrível. Os dois caras que lutam pelo campeonato lutaram até a última curva”, iniciou.

“Eu tentei. Na última volta, vi que tinha uma vantagem pequena, mas aí cometi alguns erros e, especialmente na curva 8, acabei perdendo muito.”

“Ele recuperou muito, e aí na reta oposta eu sabia que a Ducati seria um pouco mais rápida. Mesmo na freada, a Ducati foi mais eficaz. Mas aí, tentei na última curva, assim como na Áustria. Não deu.”

“Ok, nesse circuito eu já esperava que ele seria muito forte, mas agora nós vamos para Phillip Island que talvez possa ser diferente.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Evento GP do Japão
Pista Twin Ring Motegi
Pilotos Marc Marquez
Tipo de artigo Últimas notícias