Diretor da Ducati avisa Iannone para conter "entusiasmo"

Após acidente na última curva de GP da Argentina, Paolo Ciabatti espera melhora em mentalidade do piloto italiano

Ter tirado o companheiro de equipe Andrea Dovizioso na última freada do GP da Argentina do último domingo não fez nenhum favor a Andrea Iannone. Criticado pelo companheiro, o piloto também foi alvo de palavras não tão amigáveis do chefe esportivo da Ducati, Paolo Ciabatti.

"Ele certamente não se fez nenhum favor, muito menos a seu companheiro de equipe ou mesmo à Ducati," Ciabatti disse à Radio 24 italiana.

"Sabemos que ele é muito rápido e tem um grande coração. Obviamente, ele está muito desapontado porque percebeu que tentou uma manobra que o levou ao desastre.”

"Iannone é um piloto extremamente talentoso e inteligente, no entanto ele deve conter o seu entusiasmo, porque ele tem de terminar as corridas. Teria sido um resultado importante para a Ducati."

Ciabatti também não negou que esteja interessando em Jorge Lorenzo. O piloto espanhol, segundo o dirigente dá a entender, já considera uma proposta da montadora italiana.

"Nós nunca negamos o nosso interesse nos melhores pilotos que estão sem contrato", disse ele.

"É claro que, dadas as nossas ambições futuras, saber que um dos melhores pilotos está disponível e interessado em uma oferta da Ducati mostra que estamos fazendo um bom trabalho.”

"Nós ainda estamos fazendo nossas avaliações, apesar de estarmos em uma fase bastante avançada. Após isso, vamos decidir nossa dupla ideal para 2017."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Evento GP da Argentina
Pista Autodromo Termas de Rio Hondo
Pilotos Andrea Dovizioso , Andrea Iannone
Equipes Ducati Team
Tipo de artigo Últimas notícias