Dovi ganha prova maluca com chuva e interrupção em Valência

compartilhar
comentários
Dovi ganha prova maluca com chuva e interrupção em Valência
18 de nov de 2018 14:31

Após paralisação, piloto italiano mantém calma e conquista quarta vitória na temporada de 2018

Teve de tudo na corrida final da MotoGP em 2018. Com muita chuva, o GP de Valência foi uma das corridas mais movimentadas da temporada deste ano.

No final, após uma interrupção de cerca de meia hora por conta de muita água na pista, Andrea Dovizioso conseguiu ganhar sua quarta prova na temporada de 2018. Mantendo o sangue frio, o piloto – que já liderava a prova na paralisação – abriu uma boa distância para Valentino Rossi e Álex Rins, na briga pelo segundo posto.

Entretanto, Rossi acabou caindo e deixando o segundo lugar para o espanhol da Suzuki. Depois de cair na primeira parte da corrida, Pol Espargaró voltou e conquistou um pódio impressionante para a KTM: seu primeiro na MotoGP e o primeiro da montadora austríaca na história. Rossi ainda voltou e foi o 13º.

Michele Pirro, piloto de testes da Ducati, ficou em quarto lugar - melhor resultado do italiano na MotoGP, que havia tido um quinto lugar em Valência em 2012 de CRT sob chuva como melhor resultado.

Fazendo sua última corrida antes da aposentadoria, Dani Pedrosa foi o quinto colocado.

A prova foi marcada por uma interrupção com bandeira vermelha devido a muitos pontos com água parada no circuito. No entanto, antes disso, muitos acidentes ocorreram até a volta de número 15 de 27.

O campeão Marc Márquez foi derrotado pela chuva. O piloto espanhol da Honda acabou caindo no início da prova, quando a chuva se intensificou e saiu da última prova da temporada sem pontos. Na queda, ele deslocou o mesmo ombro que havia deslocado durante a classificação de sábado. No entanto, o espanhol apareceu nos boxes bem após retornar do acidente.

Os dois pilotos da equipe Pramac, Jack Miller e Danilo Petrucci também caíram no início da corrida em incidentes separados.

Pole position, Maverick Viñales também acabou indo ao chão voltas depois de ser ultrapassado por Valentino Rossi, que saiu de 16º. O ítalo-brasileiro Franco Morbidelli era o quarto colocado quando caiu, exatamente na mesma volta. Ainda assim o ítalo-brasileiro foi o novato do ano.

Resultado:

Pos. # Piloto Moto Tempo Dif.
1 4 Italy Andrea Dovizioso Ducati 24'03.408  
2 42 Spain Alex Rins Suzuki 24'06.158 2.750
3 44 Spain Pol Espargaro KTM 24'10.814 7.406
4 51 Italy Michele Pirro Ducati 24'12.055 8.647
5 26 Spain Dani Pedrosa Honda 24'16.759 13.351
6 30 Japan Takaaki Nakagami Honda 24'35.696 32.288
7 5 France Johann Zarco Yamaha 24'36.214 32.806
8 38 United Kingdom Bradley Smith KTM 24'36.519 33.111
9 6 Germany Stefan Bradl Honda 24'39.784 36.376
10 55 Malaysia Hafizh Syahrin Yamaha 24'40.606 37.198
11 45 United Kingdom Scott Redding Aprilia 24'47.734 44.326
12 99 Spain Jorge Lorenzo Ducati 24'49.554 46.146
13 46 Italy Valentino Rossi Yamaha 24'56.217 52.809
14 17 Czech Republic Karel Abraham Ducati 25'14.036 1'10.628
15 81 Spain Jordi Torres Ducati 25'20.147 1'16.739
  19 Spain Alvaro Bautista Ducati 12'19.932 7 voltas
  25 Spain Maverick Viñales Yamaha    
  9 Italy Danilo Petrucci Ducati    
  93 Spain Marc Marquez Honda    
  29 Italy Andrea Iannone Suzuki    
  41 Spain Aleix Espargaro Aprilia    
  43 Australia Jack Miller Ducati    
  21 Italy Franco Morbidelli Honda    
  12 Switzerland Thomas Luthi Honda    
Next article
16º, Rossi se diz “desconfortável” com moto em Valência

Previous article

16º, Rossi se diz “desconfortável” com moto em Valência

Next article

Pol Espargaró fica sem palavras após 1º pódio: “irreal”

Pol Espargaró fica sem palavras após 1º pódio: “irreal”
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Evento GP de Valência