Dovi: Valência e Jerez foram meus melhores testes na Ducati

compartilhar
comentários
Dovi: Valência e Jerez foram meus melhores testes na Ducati
Jamie Klein
Por: Jamie Klein
3 de dez de 2018 20:54

Após confirmar sensações da semana anterior, piloto italiano celebra bons treinos mas procura manter pés no chão

O piloto da Ducati na MotoGP, Andrea Dovizioso, descreveu os testes de pós-temporada deste ano em Valência e Jerez como os melhores que já teve desde que se juntou à fabricante italiana, em 2013.

Seu treino foi interrompido apenas por um acidente na quarta-feira que o deixou com "grandes dores", mas apesar de algumas preocupações de que ele poderia ter de ficar de fora do treino de quinta, ele foi capaz de continuar trabalhando normalmente.

Dovizioso relatou apenas uma "melhoria muito pequena" nas curvas com a nova moto, mas mesmo assim aumentou a confiança para 2019.

"Estes foram os melhores testes de inverno desde que eu sou piloto da Ducati", disse Dovizioso.

“É difícil dizer se a Ducati é a moto mais competitiva. É normal que nossos oponentes descrevam nossa moto como a melhor, mas até que você experimente as outras motos, você não sabe como elas estão.”

“No final, são apenas os resultados das corridas que contam. Agora temos uma base muito boa e este ano demonstramos isso em todas as condições.”

“Temos que nos aproximar da temporada da maneira certa e temos que trabalhar bem neste inverno, tanto eu quanto a Ducati, para chegarmos prontos para o início da próxima temporada.”

"Nós certamente lutaremos pelo campeonato desde o início e começaremos de uma boa base."

Depois de terminar o primeiro dia de testes em Jerez como o segundo mais rápido atrás do novo companheiro de equipe Danilo Petrucci, Dovizioso disse que não ficou preocupado em cair para o oitavo lugar no segundo dia.

O italiano insistiu que confirmar as boas sensações de Valência era mais importante do que tentar uma volta rápida.

"Os tempos de volta no final do teste não significam nada, especialmente quando os pilotos estão muito próximos", disse Dovizioso. “Isso não é muito importante”.

“Há muitas maneiras de fazer um teste. Alguns pilotos querem dar 99%, alguns pilotos querem dar 80% e testar o material.”

"Não temos muitos pneus, então você precisa decidir se vai usar o pneu para fazer um tempo de volta ou fazer uma comparação. O material que comparamos aqui deu a mesma sensação de Valência. Foi o único objetivo que tivemos, porque não tínhamos uma moto completamente nova. ”

"O objetivo não foi melhorar muito nesses dois testes, porque não tínhamos algo grande e não esperávamos melhorar muito.”

"Nós realmente não melhoramos a moto, apenas entendemos algo."

Reportagem adicional por Carlos Guil

Andrea Dovizioso, Ducati Team

Andrea Dovizioso, Ducati Team

Photo by: Gold and Goose / LAT Images

Next article
GALERIA: Rossi e Morbidelli vencem ‘100km del Campione’ na Itália

Previous article

GALERIA: Rossi e Morbidelli vencem ‘100km del Campione’ na Itália

Next article

Márquez passa por cirurgia nesta terça mirando testes

Márquez passa por cirurgia nesta terça mirando testes
Load comments