Dovizioso acredita que campeonato começa de novo

Para piloto da Ducati, cinco últimas corridas da MotoGP serão uma dura luta para vencer o campeonato

Restam cinco corridas para terminar a temporada e o título do MotoGP está em jogo. Dois pilotos saem quase do zero, um deles Andrea Dovizioso. O italiano está empatado com Marc Márquez na liderança, enquanto Viñales permanece a 16 pontos de desvantagem.

"Chegamos a um momento muito importante da temporada, mas é como se começássemos no Catar. Temos tranquilidade. Existem poucas corridas, mas ainda há muitos pontos, então devemos dar tudo sem pensar no campeonato", anuncia Dovi.

"Estamos prontos para usar nossas cartas. Nós sabemos como Marc e Maverick vão bem nesta pista", disse o italiano, em referência ao circuito de Aragón, que recebe neste domingo a 14ª etapa da MotoGP.

O integrante da Ducati chega depois de uma semana doente. Ainda mais tocado vem Rossi, que tentará correr no domingo depois de ser declarado apto pelos médicos. O piloto da Yamaha está em 4º a 42 pontos de Dovi, com opções muito remotas para continuar na luta pelo título.

Dovizioso não hesitou em exaltar o ímpeto do italiano, embora ele visse seu retorno um pouco precipitado.

"Estou muito surpreso. Não esperava que ele voltasse, porque agora duas semanas sem corridas para se recuperar. De qualquer forma, é fascinante. Ele não se rende e quer continuar sendo um protagonista".

"Eu vou perguntar por que ele volta aqui, porque eu não entendo. Eu mesmo me pergunto e não entendo. Não acho que vai voltar para 100%, mas tenho muita curiosidade", diz um intrigado Dovizioso.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Evento GP de Aragón
Sub-evento Quinta-feira
Pista Motorland Aragon
Pilotos Andrea Dovizioso
Equipes Ducati Team
Tipo de artigo Últimas notícias