Dovizioso admite que Ducati “perdeu velocidade” após início de ano

Depois de três pódios seguidos nas três primeiras corridas, italiano reconhece que Yamaha e Honda estão em outro nível

Surpreendendo o mundo após marcar a pole position para a primeira corrida da temporada, no GP do Catar, Andrea Dovizioso vem enfrentando fase difícil na temporada deste ano. Ele chegou a ser o vice-líder do mundial, mas, depois de abandonos na Itália e na Catalunha, além de um desapontador 12º na Holanda, o italiano foi para a quinta posição no campeonato.

Para Dovi, a Ducati não tem mais a mesma performance do início.

"Nas últimas corridas talvez tenhamos perdido um pouco de velocidade em comparação com nossos rivais", disse Dovizioso.

"Mesmo que meu companheiro de equipe tenha feito um bom trabalho em Assen, ele cruzou a linha de chegada bem atrás dos líderes. A impressão é que os nossos adversários têm melhorado e isso aumentou a vantagem de desempenho que eles têm sobre nós.”

"No entanto, cada circuito tem suas características diferentes, e vamos tentar chegar mais perto em Sachsenring.

"Acho que o circuito da Alemanha é um pouco curto e estreito para motos da MotoGP, mas a GP15 está provando ser competitiva em todas as pistas e temos de continuar a trabalhar para tentar obter o melhor resultado possível cada fim de semana."

Companheiro de Dovizioso, Iannone está em terceiro no mundial com 107 pontos. Dovizioso está 20 pontos atrás, em quinto.

O GP da Alemanha ocorre neste final de semana.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Pilotos Andrea Dovizioso
Equipes Ducati Team
Tipo de artigo Últimas notícias