Dovizioso: "Esperava ver Valentino bem, mas nem tanto"

compartilhar
comentários
Dovizioso:
Oriol Puigdemont
Por: Oriol Puigdemont
Traduzido por: Daniel Betting
23 de set de 2017 17:00

Vice-líder da MotoGP não teve uma boa performance no Q2 e terminou na sétima posição, então largará da terceira fila do GP deste domingo

Andrea Dovizioso, Ducati Team
Andrea Dovizioso, Ducati Team
Andrea Dovizioso, Ducati Team
Andrea Dovizioso, Ducati Team
Andrea Dovizioso, Ducati Team
Andrea Dovizioso, Ducati Team
Andrea Dovizioso, Ducati Team
Andrea Dovizioso, Ducati Team

Alcañiz - Andrea Dovizioso ficou meio segundo atrás da pole de Maverick Viñales, e longe do segundo lugar de seu companheiro de equipe Jorge Lorenzo e Valentino Rossi, que estão na primeira fila do grid.

No entanto, o italiano está perto de Marc Márquez, o quinto lugar, e poderá marcá-lo de perto desde o início da corrida.

"Hoje foi um dia difícil. Fazer em duas sessões o que faço normalmente em quatro, não é fácil ou suficiente", disse lembrando que nesta sexta-feira só puderam trabalhar com pista úmida. "Há coisas que faltam para amanhã. A questão não é clara, temos que estudar muitas coisas e trabalhar na configuração."

Sobre sua atuação durante o dia, o italiano não ficou feliz.

"Minhas sensações não foram boas no TL4 e, portanto, não é fácil fazer um bom tempo. Não deu errado se considerarmos os maus sentimentos do treino".

Olhando para o domingo, o italiano ainda deve decidir sua estratégia.

"Teremos que ver qual corrida teremos amanhã, quais estratégias adotam uns e outros. Nós não somos os mais rápidos, mas não vamos nos apressar antes de começar a corrida", tentou acalmar o italiano.

Mais uma vez, Dovizioso descartou a nova carenagem, usando a padrão do início da temporada.

"Eu não uso a nova carenagem não por problemas de velocidade máxima, mas por causa de outras questões, e para mim não é uma opção aqui", contou.

"Este circuito não funciona bem para a nossa moto, porque temos que frear uma vez inclinados, e sem muita aderência".

Sobre o desempenho de Valentino Rossi após sua lesão, o piloto da Ducati exaltou seu compatriota.

"Quando vai atrás de Valentino, você o vê muito bem e rápido. Eu esperava vê-lo bem, mas nem tanto. Temos que esperar pela corrida, porque aqui, em Aragón, não tem nada a ver entre treino e domingo", advertiu. "Ser rápido em uma volta e ser durante toda a corrida são coisas diferentes", concluiu.

Next article
MotoGP altera plano de pré-temporada para 2018

Previous article

MotoGP altera plano de pré-temporada para 2018

Next article

Após queda, Márquez joga pressão em Viñales: “É o favorito”

Após queda, Márquez joga pressão em Viñales: “É o favorito”
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Evento GP de Aragón
Localização Motorland Aragon
Pilotos Andrea Dovizioso Shop Now
Equipes Ducati Team Shop Now
Autor Oriol Puigdemont