Dovizioso está “preocupado” com corrida de Márquez no Catar

Apesar de comemorar vitória, italiano diz que distância pequena para o espanhol em uma pista que favorecia a Ducati foi seu ponto negativo da prova

Diretor da Ducati na MotoGP, Davide Tardozzi afirmou que Andrea Dovizioso está “preocupado” com a performance de Marc Márquez, da Honda, na abertura da temporada de 2018, no Catar, mesmo tendo superado o espanhol para vencer.

Depois de três vezes consecutivas no segundo lugar, Dovizioso suportou a tentativa de Márquez na última curva para, enfim, conquistar sua primeira vitória em Losail.

Mas o espanhol se mostrou satisfeito com a corrida apesar da derrota, já que ele terminou apenas 0s027 atrás em uma pista que não se mostrou favorável à sua Honda nos últimos anos.

“Dovi está preocupado com Marc”, disse Tardozzi, “porque essa é uma pista mais para a Ducati, e não para a Honda. Mas Marc estava lá [na luta pela vitória].”

“Então eu disse: ‘Ele é campeão mundial e demonstrou isso também’. Todo o respeito de Dovi a Marc, porque ele sabe que ele [Márquez] é o cara a ser batido.”

Dovizioso levou a melhor em duelos semelhantes com Márquez no ano passado, no Red Bull Ring e em Motegi.

Contudo, ambos os circuitos favoreciam a Ducati diante da Honda, e foi Márquez que acabou levando a melhor na luta pelo título.

Dovizioso admitiu que não esperava lutar com Márquez na volta final novamente e afirmou que o espanhol “fez algo irreal para permanecer no meu ritmo”.

Questionado se a performance do rival no Catar era uma preocupação, o italiano disse: “Sim, acho que é a realidade.”

“Acho que confirmamos que somos mais competitivos que no ano passado, mas acho que nesta corrida os pilotos da Honda também confirmaram que estão melhor do que no ano passado.”

“Quando eu pude batê-lo, parece algo importante, mas não é em sua pista boa. Então é positivo, mas é preciso ser objetivo. Sei muito bem dessas coisas.”

Dovizioso acrescentou: “Eu não esperava tê-lo [lutando comigo] nas últimas voltas. Esse foi o ponto ruim da vitória.”

“[Achei que seria mais provável ter] Os pilotos da Yamaha, [Johann] Zarco e Valentino [Rossi]. [Alex] Rins, talvez [Andrea] Iannone.”

“Esperava terminar sozinho, mas não com Marc.”

Reportagem adicional de Oriol Puigdemont

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Evento GP do Catar
Pista Losail International Circuit
Pilotos Andrea Dovizioso , Marc Marquez
Equipes Ducati Team , Repsol Honda Team
Tipo de artigo Últimas notícias