Dovizioso: Não vencer em Aragón dificulta luta pelo título

Piloto da Ducati acredita que, se ele quiser ganhar o campeonato, deve vencer na Espanha, apesar de ser uma das pistas favoritas de Marc Márquez.

Na última corrida, em Misano, a vitória de Marc Márquéz, atual campeão, e o terceiro lugar que o Dovizioso conseguiu, igualaram os pilotos no topo da tabela com 199 pontos, enquanto Maverick Viñales, o terceiro, está 16 pontos atrás.

Próxima da turnê asiática que precederá a última prova do calendário de MotoGP (Valência), a caravana do Campeonato Mundial se plantará neste fim de semana em Alcañiz, um dos circuitos favoritos de Márquez, que subiu no primeiro andar do pódio em duas ocasiões (2013 e 2016) nas quatro visitas que realizou desde que compete na MotoGP.

Foi em Aragón, onde Márquez deu o impulso final no ano passado em seu ataque rumo ao título, voltando a ganhar após quatro corridas e mais de dois meses sem fazê-lo.

Para o Dovizioso, no entanto, o fato de ter que enfrentar esse compromisso em um circuito onde, teoricamente, está em desvantagem, não é desculpa para não pensar grande.

"Se eu não acho que posso ganhar em Aragón, será muito difícil lutar pelo título com Marc. Temos que começar a ganhar como estamos fazendo nas últimas corridas", diz o piloto que conquistou quatro vitórias até agora.

"É verdade que Alcañiz é uma dessas pistas onde Marc é capaz de fazer a diferença, mas isso não significa que não vamos lá para tentar vencer", acrescenta Desmodovi, que com apenas uma corrida sem pontuar, é o mais regular entre os pilotos que disputam o campeonato.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Evento GP de Aragón
Pista Motorland Aragon
Pilotos Andrea Dovizioso , Marc Marquez
Equipes Ducati Team
Tipo de artigo Últimas notícias