Dovizioso nega pedido de ordens de equipe a Lorenzo

Italiano lamenta diferença de 21 pontos para Marc Márquez e nega que tenha solicitado ao time que desse ordem para Jorge Lorenzo abrir caminho

Ninguém da Ducati admite que foi imposta uma ordem de equipe que colocaria Andrea Dovizioso à frente de Jorge Lorenzo, caso estivesse na liderança, o que ajudaria o italiano na disputa do título da MotoGP.

Lorenzo recebeu uma mensagem de pitwall: "Sugerimos mudar o mapa do motor 8", então o espanhol quase foi ao chão na curva 15 e Dovizioso pôde passar para vencer a prova e levar a decisão do campeonato para Valência.

Apesar disso, Dovizioso fez uma boa prova, conseguindo a sexta vitória da temporada.

"Não é muito normal ser tão favorito em todas as condições. Fiz tudo com calma, tive tempo de entender o que estava acontecendo, porque a moto estava indo bem, e nós só precisávamos administrar", explicou Dovizioso.

"Talvez tivéssemos uma moto superior ao resto, mas ganhar nestas condições confirma o quanto crescemos, tanto eu, quanto a moto."

O italiano prolongou a disputa do campeonato até a última corrida, e chegará com 21 pontos de desvantagem sobre o piloto da Honda.

"É uma pena que estamos a muitos pontos de Márquez", lamentou Dovi.

Sobre as supostas ordens da equipe e da mensagem recebida por Lorenzo, Dovizioso disse que não sabia de nada.

"Naquele momento [o susto de Lorenzo] eu estava muito rápido e não acho que ele começou a lutar como se fosse a última corrida de sua vida. Acho que foi contido um pouco porque estava muito fácil de cair. Tivemos alguma vantagem sobre o resto, mas a luta entre nós teria sido muito complicada", disse ele.

A mensagem para Lorenzo continuará sendo uma incógnita em relação ao seu significado, e Dovi não admitiu a existência de uma ordem pré-determinada.

"Eu não sei nada sobre ordens de equipe, além de não ser um piloto político. Não gosto de ganhar com a ajuda dos outros. Talvez acontecesse, eu não sei. Eu não pergunto por essas coisas, sou muito esportivo e a vitória deve ser conquistada na pista. Não pedi nada para a Ducati, mas acho que ele estava perdendo rendimento", explicou o italiano.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Evento GP da Malásia
Pista Sepang International Circuit
Pilotos Andrea Dovizioso
Tipo de artigo Últimas notícias