Dovizioso quer Lorenzo mais competitivo em 2018

Andrea Dovizioso espera, para 2018, um companheiro de equipe muito mais competitivo que no ano passado, ao ponto de acreditar que haverá uma disputa entre eles

Durante a apresentação da Ducati Desmosedici 2018 na segunda-feira passada em Bolonha, Andrea Dovizioso conversou com o Motorsport.com e falou de muitos tópicos interessantes, incluindo seu companheiro de equipe, pela segunda temporada consecutiva, Jorge Lorenzo.

Ambos os pilotos construíram, em seu primeiro ano juntos, uma relação requintada, e podiam até ver o espanhol nas celebrações das vitórias do italiano. Um dos segredos desse bom relacionamento, sem dúvida, é que Lorenzo não conseguiu lutar com Dovizioso no mesmo nível, algo que o italiano acredita pode mudar este ano.

O piloto de Forli foi questionado sobre o relacionamento com o pentacampeão mundial e tri da MotoGP.

"Meu relacionamento com Jorge não evoluiu, sempre foi assim, [ele] se concentrou em seu trabalho e eu me concentrei no meu. Existe uma grande competitividade, como deve ser e será muito mais forte do que no ano passado", disse Dovizioso.

"No ano passado faltou um pouco de competitividade [a Lorenzo], mas eu o conheço muito bem. Eu sei o quão forte é e quando a situação não está bem, pode mudá-la a qualquer momento. Pode ser um dos pilotos na luta pelo título este ano", diz o italiano.

Uma das questões que influenciou a imprensa italiana é a possibilidade de o novo design da Desmosedici 2018 se concentrar em melhorar os pontos fortes que beneficiariam a pilotagem de Lorenzo.

"A moto não muda muito. Pode melhorar, mas não muda demais. No final, você tem que fazer como o Jorge no ano passado para se adaptar à moto e, assim como fez Dovizioso com a Ducati", em referência a isso, ele também teve que se adaptar às mudanças da moto a cada temporada.

Dovizioso também lembrou dos encontros com seu ex-companheiro de equipe, Andrea Iannone, com quem se chocou dentro e fora da pista em mais de uma ocasião, quando ambos chegaram ao nível para lutar por vitórias, colocando-o em paralelo com o que pode acontecer com Lorenzo em uma situação semelhante.

"Eu acho que se for rápido durante a próxima temporada, vamos competir muito. Espero que não cheguemos ao ponto de lutar com Lorenzo porque nunca procurei situações como essa. Quando se luta por posições importantes a inteligência do piloto conta para gerenciá-lo. Acho que a situação será diferente do ano passado", admite o vice-campeão do mundo no ano passado.

Jorge Lorenzo, Ducati Team

Jorge Lorenzo, Ducati Team
1/11

Photo by: Ducati Corse

Andrea Dovizioso, Ducati Team

Andrea Dovizioso, Ducati Team
2/11

Photo by: Ducati Corse

Andrea Dovizioso, Ducati Team

Andrea Dovizioso, Ducati Team
3/11

Photo by: Ducati Corse

Andrea Dovizioso, Ducati Team

Andrea Dovizioso, Ducati Team
4/11

Photo by: Ducati Corse

Andrea Dovizioso, Ducati Team

Andrea Dovizioso, Ducati Team
5/11

Photo by: Ducati Corse

Andrea Dovizioso, Ducati Team

Andrea Dovizioso, Ducati Team
6/11

Photo by: Ducati Corse

Jorge Lorenzo y Andrea Dovizioso, Ducati Team

Jorge Lorenzo y Andrea Dovizioso, Ducati Team
7/11

Photo by: Ducati Corse

Jorge Lorenzo y Andrea Dovizioso, Ducati Team

Jorge Lorenzo y Andrea Dovizioso, Ducati Team
8/11

Photo by: Ducati Corse

Jorge Lorenzo y Andrea Dovizioso, Ducati Team

Jorge Lorenzo y Andrea Dovizioso, Ducati Team
9/11

Photo by: Ducati Corse

Jorge Lorenzo y Andrea Dovizioso, Ducati Team

Jorge Lorenzo y Andrea Dovizioso, Ducati Team
10/11

Photo by: Ducati Corse

Jorge Lorenzo y Andrea Dovizioso, Ducati Team

Jorge Lorenzo y Andrea Dovizioso, Ducati Team
11/11

Photo by: Ducati Corse
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Pilotos Andrea Dovizioso , Jorge Lorenzo
Equipes Ducati Team
Tipo de artigo Entrevista