Dovizioso: Segundo em Aragón foi “mais importante” que vitória

compartilhar
comentários
Dovizioso: Segundo em Aragón foi “mais importante” que vitória
Valentin Khorounzhiy
Por: Valentin Khorounzhiy
24 de set de 2018 16:22

Em pista com histórico complicado, piloto italiano celebra grande briga pela vitória com Márquez

Andrea Dovizioso, Ducati Team
Andrea Dovizioso, Ducati Team
Andrea Dovizioso, Ducati Team

Piloto da Ducati, Andrea Dovizioso disse que lutar pela vitória em Aragón foi "ainda mais importante" do que a sua vitória conquistada na corrida de Misano.

Apesar da reta de 968 metros do circuito, a performance da Ducati em Aragón sempre foi errática ao longo dos anos, e Dovizioso em particular sempre teve pouco sucesso no local desde que se juntou à fabricante italiana em 2013.

No último fim de semana, no entanto, Dovizioso esteve em grande forma durante todos os treinos, a classificação e ficou a apenas 0s648 da vitória de Marc Márquez, da Honda.

"O que aconteceu neste fim de semana foi muito, muito importante. Mais do que Misano", disse Dovizioso depois da corrida.

“Em Misano foi muito importante, mas aqui ainda mais, porque isso confirma a nossa melhoria, e esta melhoria é a realidade, mas é ainda melhor para o futuro.”

Os rivais apontaram o piloto da Ducati como um dos favoritos antes do GP, mas Dovizioso sublinhou que não ficou muito desanimado por perder o que alguns viram como uma vitória provável.

"Esta é a maneira que eu quero olhar para o fim de semana", disse ele. “Porque nós viemos aqui com muita confiança dos outros competidores. Eles achavam que poderíamos vencer a corrida facilmente”.

“Mas nunca é assim, e estou muito feliz com o quanto melhoramos no ano passado. Esse é o ponto.”

“Infelizmente não conseguimos vencer, tentamos até a última volta, mas temos que estudar e analisar a realidade, e a realidade é que demos um bom passo – um grande passo.”

Dovizioso foi derrotado por Márquez em um duelo de final de prova, com o piloto da Honda ampliando sua vantagem de pontos para 72 sobre o italiano, com ainda cinco corridas pela frente.

"Ganhar de Marc 72 pontos em cinco corridas é impossível", admitiu Dovizioso. “A única maneira é se ele não correr, e mesmo assim é difícil fazer 72 pontos.”

“Então, se queremos ser realistas, não. Nas corridas tudo pode acontecer, então está aberto porque matematicamente está aberto. Mas esta é a situação.”

Second place Andrea Dovizioso, Ducati Team

Second place Andrea Dovizioso, Ducati Team

Photo by: Gold and Goose / LAT Images

Próxima MotoGP matéria
Com lesão no pé, Lorenzo é dúvida para GP da Tailândia

Previous article

Com lesão no pé, Lorenzo é dúvida para GP da Tailândia

Next article

Incidente entre Márquez e Lorenzo provoca climão na MotoGP

Incidente entre Márquez e Lorenzo provoca climão na MotoGP
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Pilotos Andrea Dovizioso Shop Now
Equipes Ducati Team Shop Now
Autor Valentin Khorounzhiy
Tipo de matéria Últimas notícias