Espargaró critica curva 1 de Mugello após acidente de Pirro

compartilhar
comentários
Espargaró critica curva 1 de Mugello após acidente de Pirro
Pablo Elizalde
Por: Pablo Elizalde
1 de jun de 2018 17:50

Espanhol diz que muro ao lado da pista já devia ter sido afastado há muitos anos por estar muito próximo

Aleix Espargaró acredita que a MotoGP chegou perto de ter uma tragédia nos treinos desta sexta em Mugello.

O piloto de testes da Ducati, Michele Pirro, sobreviveu a um enorme acidente depois de perder o controle de sua moto no final da reta dos boxes, onde as motos da MotoGP atingem velocidades máximas próximas a 360 km/h.

O italiano perdeu a consciência no acidente, mas não teve maiores ferimentos.

Espargaró afirmou que o acidente poderia ter sido muito pior se Pirro tivesse atingido a parede à esquerda da curva 1, um muro que, segundo o espanhol, os pilotos muitas vezes pediram para ser afastado.

"Nem sempre conseguimos o que a Comissão de Segurança quer, mas se há uma área em que a Comissão de Segurança sempre quis ver alterada é a maldita parede da primeira curva de Mugello", disse Espargaró quando perguntado pelo Motorsport.com sobre o acidente.

"Não porque estamos em Mugello, não porque Michele caiu. O que mais insistimos foi que a curva onde perdemos Luis (Salom), a primeira em Mugello e acho que a curva 1 ou a 3 na Áustria fossem alteradas.”

"Estes são os três pontos em que a Comissão de Segurança tem sido mais dura nos últimos anos.”

"A curva 12 em Barcelona foi modificada. O final da reta na Áustria, a curva 3, foi modificada. Só que nada foi alterado em Mugello ainda. Nos disseram que é quase impossível fazer isso aqui.”

"Acho que hoje não teve nada a ver com a parede, mas esteve muito perto. Hoje, se Michele tivesse batido na parede... era caso de um metro. Se ele tivesse ficado um metro à esquerda, hoje teríamos teve uma grande tragédia.

"Se fosse uma curva normal, seria perigoso porque o muro é muito perto, mas estamos a 360 km/h ali, por isso que é uma loucura. Temos de tentar melhorar isso."

"Talvez seja apenas um aviso, porque ele não bateu na parede, graças a Deus, mas há muito pouco espaço e você chega em alta velocidade, a quase 360 ​​km/h.”

"Eu ainda estou abalado depois de ver Michele e espero que ele esteja bem e que não seja nada sério."

O piloto da Yamaha, Maverick Viñales, admitiu que não esperava que Pirro escapasse do acidente depois de ver o replay, e admitiu que o italiano teve a sorte de não ter grandes lesões.

Ele disse: "Eu não queria ver o acidente, mas assim que eu estava indo para a minha moto eu vi o acidente. Foi incrível, foi surreal. Quando eu vi, não acreditava que Pirro estivesse bem, porque na verdade foi incrível”.

"Eu acho que tivemos muita sorte hoje e todos os pilotos estão muito felizes que Pirro esteja bem".

Próxima MotoGP matéria
Iannone: Desempenho em Mugello prova infelicidade da Suzuki

Previous article

Iannone: Desempenho em Mugello prova infelicidade da Suzuki

Next article

Confira os horários da MotoGP na Itália

Confira os horários da MotoGP na Itália

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Evento GP da Itália
Localização Mugello
Pilotos Michele Pirro , Aleix Espargaro
Equipes Aprilia Racing Team Gresini
Autor Pablo Elizalde
Tipo de matéria Últimas notícias