Honda ainda tem problemas de motor e chassi, diz Pedrosa

Espanhol admite que equipe tem inúmeros problemas a serem resolvidos, após primeiro dia de testes em Sepang'

Dani Pedrosa foi o melhor representante da Honda no primeiro dia de testes em Sepang, na Malásia. Seu melhor tempo foi 1s096 maior do que o de Jorge Lorenzo. Ele também conseguiu ser mais rápido que seu companheiro de equipe, Marc Marquez em meio segundo.

"Com a nova eletrônica, temos problemas de motor e de chassi para resolver", disse Pedrosa após a sessão. "Jorge (Lorenzo) esteve muito rápido hoje e precisamos melhorar."

Quando perguntado sobre o que exatamente estava errado, Pedrosa respondeu: "nas frenagens, também temos que fazer a moto trabalhar melhor, alguns problemas também nas saídas de curvas, entre outros."

"Algumas vezes esteve instável na curva, outras não conseguimos chegar a uma boa velocidade nelas, então precisamos encontrar o equilíbrio para poder fazer um trabalho melhor com a nova parte elétrica e os novos pneus."

A Honda passou o primeiro dia avaliando dois diferentes tipos de motor, que se destina a corrigir o caráter agressivo atenuado na campanha de 2015, mas Pedrosa admitiu que desta forma está difícil.

"Tivemos algumas diferenças entre os dois equipamentos, mas com a nova eletrônica, está muito difícil julgar se as coisas que a moto está passando vem do motor ou da própria eletrônica."

"Amanhã teremos os mesmos motores para ver se conseguimos melhorar a parte do chassi", disse.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Evento Teste de fevereiro em Sepang
Pista Sepang International Circuit
Pilotos Dani Pedrosa
Tipo de artigo Últimas notícias