Iannone: Desempenho em Mugello prova infelicidade da Suzuki

compartilhar
comentários
Iannone: Desempenho em Mugello prova infelicidade da Suzuki
Valentin Khorounzhiy
Por: Valentin Khorounzhiy
1 de jun de 2018 18:23

Italiano diz que desempenho nos treinos em Mugello mostra que a sua iminente saída da Suzuki é "infeliz" para ambas as partes

Andrea Iannone, Team Suzuki MotoGP
Andrea Iannone, Team Suzuki MotoGP
Andrea Iannone, Team Suzuki MotoGP
Andrea Iannone, Team Suzuki MotoGP
Andrea Iannone, Team Suzuki MotoGP
Andrea Iannone, Team Suzuki MotoGP

Andrea Iannone revelou na quinta-feira (31) que havia sido informado de que seu contrato com a Suzuki não seria renovado e nesta sexta-feira o italiano dominou as duas primeiras sessões que antecedem do GP da Itália.

Iannone, que chegou a dois pódios consecutivos nos Estados Unidos e em Jerez, deverá ser substituído pelo piloto da Moto2, Joan Mir, enquanto que o seu atual companheiro de equipe, Alex Rins, renovou o contrato.

Rins estava no pódio na Argentina, mas está cinco posições atrás de Iannone na classificação e ficou apenas em 12º e 15º nas respectivas sessões em Mugello.

"Eu não vou ficar na Suzuki, infelizmente para ambos, não?", disse Iannone. "Porque agora o pacote, Iannone-Suzuki, é realmente muito bom.”

"Mas Suzuki escolheu Alex Rins e Mir, eu acho.”

"É importante que eu continue no topo, trabalho a 100%, acelerando até o final da temporada, dando o meu melhor, e boa sorte para a Suzuki em 2019 e para o futuro."

Iannone admitiu que se preparou para provar a ele e “também para a Suzuki" em Mugello, na pista onde ele conquistou sua primeira pole na MotoGP e dois pódios durante a sua passagem pela Ducati.

"Estou muito feliz com este dia, porque eu começo do topo neste lugar especial para mim, na Itália, minha casa.”

"É realmente muito especial, para mim neste dia, porque acho que é a primeira vez que começo assim. Também a sensação com a moto é muito boa, trabalhamos muito bem, melhoramos um pouco."

O italiano liderou o TL1 por 0s550 e o TL2 por 0s387 e disse que foi encorajado não apenas pelos seus esforços em volta rápida, mas pelo seu ritmo de corrida.

"Acho que esta tarde eu tenho mais ou menos o melhor ritmo", disse ele.

"Acredito que sempre durante a corrida é um pouco diferente, todo mundo é muito próximo e nós sofremos um pouco em geral, mas aqui eu tenho uma sensação muito boa, e espero chegar realmente forte."

Relatos adicionais por Matteo Nugnes

Próxima MotoGP matéria
Após acidente, Pirro tem concussão e ombro deslocado

Previous article

Após acidente, Pirro tem concussão e ombro deslocado

Next article

Espargaró critica curva 1 de Mugello após acidente de Pirro

Espargaró critica curva 1 de Mugello após acidente de Pirro

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Evento GP da Itália
Localização Mugello
Pilotos Andrea Iannone
Equipes Team Suzuki Ecstar MotoGP
Autor Valentin Khorounzhiy
Tipo de matéria Últimas notícias