Iannone perde três posições no grid para prova de Austin

Comissários interpretaram como manobra perigosa ao final da corrida deste domingo em Termas de Rio Hondo

A direção de prova puniu Andrea Iannone pelo acidente que provocou em cima de seu companheiro de equipe, Andrea Dovizioso, na última volta do GP da Argentina em Termas de Rio Hondo, neste domingo. Para a etapa do próximo fim de semana, em Austin, o italiano perderá três posições no grid, além de ter um ponto negativo em sua conta.

Iannone buscava a segunda posição de Dovizioso quando acabou se chocando com ele e ambos foram ao chão. Valentino Rossi se aproveitou e garantiu o segundo lugar.

Por serem da mesma equipe, a Ducati entrou com pedido de apelação, sendo pouco provável o aceite dos comissários.

Explicações

Após a prova, Iannone se desculpou publicamente pelo o ocorrido e explicou o movimento.

"Freei muito tarde", disse. "Sempre freava no mesmo ponto, mas fui mais para dentro, já que Andrea estava do lado de fora. É muito estranho isso, não sei."

"Podíamos estar juntos no pódio e terminar a corrida assim é inacreditável. Me preocupo com meu companheiro e com minha equipe. É uma situação difícil."

"Isso é um desastre. Corremos no seco, no molhado e estávamos muito rápidos, com grande potencial."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Evento GP da Argentina
Pista Autodromo Termas de Rio Hondo
Pilotos Andrea Dovizioso , Andrea Iannone
Equipes Ducati Team
Tipo de artigo Últimas notícias