Iannone: “Se fôssemos correr amanhã, não estaríamos mal"

Ex-piloto da Ducati exalta chassi da Suzuki após primeiro teste coletivo da MotoGP: “estamos muito bem neste aspecto”

Depois de chegar a liderar um dos três dias de testes da MotoGP em Sepang, na Malásia, na última semana, Andrea Iannone elogiou bastante a Suzuki. Piloto da Ducati desde que entrou na MotoGP em 2013, o piloto destacou a rápida adaptação e exaltou o comportamento do chassi da GSX-RR.

"Uma coisa que eu pedi é que eles não toquem no chassi, porque acho que estamos muito bem nesse aspecto. O que precisamos fazer é nos concentrar em pequenos detalhes que podem fazer uma grande diferença", observou Iannone.

Por outro lado, Iannone não quer sofrer as dores de cabeça que a eletrônica na moto japonesa causou no ​​ano passado a Maverick Viñales e Aleix Espargaró: "Temos de nos concentrar na eletrônica, mas já sabemos que eles (Suzuki) vão continuar o desenvolvimento que começamos".

Assim como o resto do grid, Iannone vai apenas rodar com a moto no final da próxima semana em Phillip Island, mas disse que o teste em Sepang foi bastante positivo.

"Foi melhor do que o esperado. Este foi o primeiro teste real, e já começamos em um nível elevado. Nosso ritmo não é ruim. O comportamento dos pneus na simulação de corrida foi muito bom. É verdade que as corridas são outra coisa, mas eu acho que se fôssemos correr amanhã não estaríamos mal", falou o 29.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Pilotos Andrea Iannone
Equipes Team Suzuki MotoGP
Tipo de artigo Últimas notícias