Imprevisibilidade é boa para novatos na MotoGP, diz Zarco

Após ver nove vencedores diferentes nas 18 etapas de 2016, bicampeão da Moto2 diz ficar mais esperançoso

A memorável e imprevisível temporada de 2016 da MotoGP fez o francês Johann Zarco ter boas expectativas para seu ano de estreia na classe principal do campeonato mundial no próximo ano.

Perguntado quando será capaz de realizar seu backflip comemorativo depois de vencer uma corrida novamente, Zarco disse: "Boa pergunta, eu não sei.”

"Estou feliz por ter um segundo título na Moto2 e isso significa para mim que a forma como trabalhamos para ganhar está funcionando bem.”

"Vou manter este método e tentar adaptar o melhor possível para a MotoGP.”

"Mas, eu realmente não sei (sobre ganhar).”

"Penso que é importante que eu tenha de me manter sonhando alto. Neste ano na MotoGP tivemos nove vencedores diferentes e isso dá aos recém-chegados uma melhor esperança para o futuro.”

"Então, acho que temos de continuar sonhando, você não sabe (o que pode acontecer)."

Zarco testou com a Suzuki em Motegi no meio do ano. A fabricante japonesa tinha uma opção de ter seus serviços para 2017. Ele apenas andou na Yamaha da Tech3 em novembro. O estilo do piloto francês é comparado ao de Jorge Lorenzo, tido como um dos mais precisos do mundial.

"Eu tive boas referências com Lorenzo e Pedrosa", disse ele.

"Eles são a melhor referência para um estilo suave, e no momento, vindo de Moto2, é o estilo que eu preciso aprender.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Pilotos Johann Zarco
Tipo de artigo Últimas notícias