Kallio diz que não deve mais correr em 2017

Wildcard em três provas neste ano pela KTM, finlandês fala que ainda pretende retornar à MotoGP como piloto oficial

Com uma boa prova em Aragón, Mika Kallio elevou sua moral na MotoGP e dentro da KTM. Ele era oitavo nas primeiras voltas da corrida e chegou em 11º lugar, uma posição atrás do companheiro de equipe Pol Espargará, mas bem à frente de Bradley Smith, que foi apenas o 19º.

Mas, apesar do resultado, Kallio acredita que a corrida de Aragón será sua última nesta temporada.

"Isso nós precisamos pedir aos patrões, saber o que eles estão pensando e se eles estão pensando em me dar mais wildcards", disse o piloto de testes da KTM quando perguntado se iria fazer mais corridas neste ano.

"No momento, não discutimos nada. Basicamente, tive as duas corridas - Alemanha e Áustria - e depois pensamos ‘ok, talvez possamos fazer Aragón também’. Eu acredito que esta é a última prova nesta temporada. Espero que na próxima temporada possamos fazer algo mais."

Kallio, que foi cogitado pela Avintia Ducati e perdeu a vaga pelo piloto da Moto2 Xavier Simeon, reiterou que seu objetivo ainda é garantir um retorno à MotoGP em tempo integral.

Ele fez apenas um ano inteiro como piloto oficial, em 2010, com a equipe Pramac Ducati, antes de retornar à Moto2, onde foi vice-campeão em 2014. Ele se juntou ao projeto da KTM no final de 2015.

"No ano passado e neste ano eu disse muitas vezes que com certeza gostaria de voltar à MotoGP. Esse é meu objetivo", disse Kallio. "Eu adoraria voltar".

Apesar de não conseguir igualar o resultado da Áustria, o piloto de 34 anos ainda está contente com a atuação em Aragón. Ele disse que o desgaste de pneus o prejudicou no fim da prova.

"Estou realmente satisfeito com o resultado, especialmente com a primeira metade da corrida. Ela foi muito boa se você comparar com o pessoal da frente, nós estávamos no mesmo ritmo", contou Kallio.

"A desvantagem para a ponta era muito pequena nas primeiras 10 ou 11 voltas.”

"Ainda estamos lutando um pouco para manter a vida do pneu nas últimas voltas. Pol (Espargaró) parece ter mais facilidade, por isso ele conseguiu me superar."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Evento GP de Aragón
Pista Motorland Aragon
Pilotos Mika Kallio
Equipes Red Bull KTM Factory Racing (MXGP)
Tipo de artigo Últimas notícias