KTM critica duramente Espargaró: “não estamos 100% felizes”

compartilhar
comentários
KTM critica duramente Espargaró: “não estamos 100% felizes”
17 de ago de 2018 14:12

Diretor de competições da marca austríaca, Pit Beirer não poupa críticas a espanhol e cobra melhora em desempenho: “não está usando todo o seu potencial”

Piloto da KTM, Pol Espargaró “não está usando todo o seu potencial” e precisa abordar as corridas de maneira diferente, de acordo com o diretor de competições da marca, Pit Beirer.

Desde que se juntou ao time na MotoGP em 2017, Espargaró superou por boa margem o companheiro de equipe Bradley Smith e manteve seu lugar para 2019 e 2020, enquanto Smith dará seu posto a Johann Zarco.

No entanto, Smith tem estado cada vez mais perto de Espargaró, superando-o em três dos quatro fins de semana que antecederam a lesão do espanhol em Brno.

Perguntado no GP da Áustria sobre como a KTM esperava que a disputa entre Espargaró e Zarco ocorresse em 2019, Beirer reiterou que queria que Zarco recuperasse sua forma do início deste ano, antes de admitir que não estava totalmente satisfeito com as recentes apresentações de Espargaró.

"Eu acho que com Pol, especialmente ultimamente, vimos algumas coisas que ele está fazendo onde eu não estou 100% feliz", disse Beirer.

“E precisamos conversar sobre isso. Eu realmente vejo que ele não está usando todo o seu potencial. Se um piloto simplesmente não tem mais talento e ele não pode ir mais rápido, nós nunca diremos a ele 'vá mais rápido', porque ele irá falhar ou algo assim.”

"Mas eu acho que nos arredores e na preparação da corrida, Pol pode fazer melhor, e ele precisa fazer melhor, porque assim ele sempre atingirá o mesmo nível."

A recente fratura na clavícula de Espargaró, sofrida em um acidente no warm up em Brno, foi um revés para a KTM, e a equipe foi deixada em busca de um substituto para o caso de o espanhol não estar apto para a corrida de Silverstone.

Explicando o acidente, Beirer disse: “nós tivemos uma discussão muito intensa com ele, porque ele estava seis segundos mais lento na volta antes, a temperatura do motor caiu 15 graus, e então ele passou pela linha de chegada e queria fazer uma volta rápida”.

“Acho que ele usou o mesmo ponto de frenagem do normal, mas as coisas não funcionaram normalmente. Então ele freou com muita força, depois soltou tudo e depois já havia caído. Ele teve um acidente muito forte.”

“Eu acho que foi realmente um grande erro deixar a moto esfriar e depois tentar ser rápido.”

“Isso é algo que ele precisa ter muito cuidado no futuro. Porque ele fez algumas coisas assim antes. Nós o advertimos, mas desta vez nós pagamos um alto preço.”

Espargaró venceu o título da Moto2 de 2013, mas ainda não conseguiu grandes resultados na MotoGP, apesar de ter marcado pontos consistentemente nos seus três anos com a Tech3 Yamaha antes de sua mudança para a KTM. Beirer acredita que ter Zarco ao lado ajudará Espargaró a melhorar.

“Tenho certeza de que Pol poderá ser um piloto realmente importante, mas ele tem que se preparar diferente. E se você ouvir como Johann está se preparando e quanto ele está treinando para isso, acho que pode ser realmente benéfico.”

"Por outro lado, Pol é talentoso e pode usar a moto para fazer algumas curvas completamente loucas, que pode nos ajudar também ao lado de Johann. Por isso esperamos que isso melhore a equipe de ambos os lados."

Próxima MotoGP matéria
Rossi recruta ex-engenheiro da Ducati

Previous article

Rossi recruta ex-engenheiro da Ducati

Next article

Rossi: "Se fosse chefe de equipe, queria ter Márquez e Lorenzo"

Rossi: "Se fosse chefe de equipe, queria ter Márquez e Lorenzo"
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Pilotos Pol Espargaro
Equipes Red Bull KTM Factory Racing (MXGP)
Tipo de matéria Últimas notícias