LCR anuncia Bradl para lugar de Crutchlow na Malásia

compartilhar
comentários
LCR anuncia Bradl para lugar de Crutchlow na Malásia
Andrew van Leeuwen
Por: Andrew van Leeuwen
28 de out de 2018 08:06

Após contusão do britânico, alemão retorna a time que correu durante temporadas de 2012, 2013 e 2014

A equipe LCR Honda confirmou que Stefan Bradl vai substituir Cal Crutchlow no GP da Malásia da próxima semana.

Bradl rapidamente emergiu como o provável substituto de Crutchlow depois de ter ficado claro que o acidente do britânico em Phillip Island o afastaria pelo resto da temporada. O acordo marca um retorno para Bradl à LCR, onde passou três temporadas entre 2012 e 2014.

Ele também já substituiu Franco Morbidelli na Marc VDS na Alemanha neste ano, além de fazer aparições wildcard em Brno e Misano.

"Obviamente estamos muito desapontados com o acidente de Cal no TL2 de sexta-feira e a fratura do tornozelo direito", disse Lucio Cecchinello, chefe da LCR.

"Mas isso faz parte das corridas e devemos aceitar mesmo que não gostemos disso.”

"O problema de Cal será consertado com sucesso em poucas semanas. A equipe inteira deseja a ele uma recuperação muito rápida, e enquanto isso iremos para a Malásia para a penúltima etapa da temporada com outro piloto na LCR.”

"Stefan Bradl correu com as cores da LCR durante três anos na categoria rainha e sabemos tudo sobre as suas notáveis ​​capacidades e talento inegável. Estamos felizes por estarmos com ele de novo na garagem."

A LCR também confirmou que Crutchlow fará mais uma cirurgia em Melbourne agora, e deve ficar na Austrália até pelo menos no próximo final de semana.

"Esta primeira cirurgia levou 45 minutos e foi simplesmente para colocar o osso de volta na posição perfeita para uma segunda operação", acrescentou Cecchinello.

"Isso acontecerá na quarta ou na quinta-feira, uma vez que o inchaço no tornozelo tenha diminuído, e provavelmente envolverá a inserção de três pequenas placas para manter o osso no lugar e garantir a melhor recuperação possível.”

“O plano é que ele tenha alta três dias após a segunda operação, que será no próximo final de semana. Estaremos na Malásia neste momento, então Cal irá voar para casa e tentará se recuperar o mais rápido possível.”

"Ele poderá começar a fisioterapia duas semanas após a cirurgia para tentar voltar à forma o mais rápido possível."

Next article
Viñales: “Quando cruzei a linha, só tinha lágrimas no rosto”

Previous article

Viñales: “Quando cruzei a linha, só tinha lágrimas no rosto”

Next article

Márquez: Incidente “assustador” com Zarco foi “de corrida”

Márquez: Incidente “assustador” com Zarco foi “de corrida”
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Evento GP da Malásia
Pilotos Cal Crutchlow Shop Now , Stefan Bradl
Equipes LCR Honda
Autor Andrew van Leeuwen
Tipo de matéria Últimas notícias