Lorenzo: "algo ainda não está certo" em mudança para Ducati

Jorge Lorenzo reconhece que ainda não encontrou solução para alguns problemas que tem enfrentado na transição para o time de Borgo Panigale

Jorge Lorenzo ainda sofre com dificuldades de adaptação à Ducati. Após começar relativamente bem no teste de pós-temporada em Valência, no fim de 2016, o espanhol sofreu na primeira bateria de testes de pré-temporada em Sepang.

Embora Lorenzo tenha terminado satisfeito com o progresso obtido nos três dias em Sepang, as dificuldades voltaram a aparecer em Phillip Island - o espanhol foi 11º no primeiro dia e 15º nesta quinta-feira (16).

Reconhecendo que a Ducati tem apenas mais quatro dias de testes antes da abertura da temporada 2017 da MotoGP, Lorenzo revela que ainda busca alguma solução milagrosa que resolva as dificuldades a tempo.

“Algo ainda não está certo e não descobrimos o que é. Precisamos encontrar uma solução que permita a mim entrar mais rápido nas curvas, abrir mais o acelerador e ter mais velocidade no contorno. Não temos a melhor moto neste sentido, mas no momento (Alvaro) Bautista, com uma Ducati de 2016, é mais veloz do que eu nas curvas. Precisamos entender o que acontece", disse.

As motos italias mais velozes nos dois primeiros dias em Phillip Island são de times independentes. Na quarta, Danilo Petrucci (embora da Pramac, com uma GP17), foi o sexto, enquanto Bautista, da Aspar, foi o quarto nesta quinta, 0s786 mais veloz do que Lorenzo - que terminou a 1s350 de Maverick Viñales, o mais rápido do dia.

“Se tivéssemos potencial para andar mais rápido aqui, teríamos feito isso. Estamos tentando, mas no momento estamos distantes de Viñales em volta rápida e ainda mais longe em ritmo de corrida. O positivo é que estamos melhorando, então vamos ver se amanhã conseguimos mais voltas em 1min30s e entrar na casa de 1min29s.", afirmou.

“Há algo que ainda não entendemos e não sabemos o que é. Bautista se adaptou muito bem vindo da Aprilia e está muito mais veloz do que eu em algumas curvas. Algo não está funcionando, estamos tentando investigar e encontrar uma solução", completou.

Reportagem adicional por Oriol Puigdemont

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Evento Teste de fevereiro em Phillip Island
Pista Phillip Island Grand Prix Circuit
Pilotos Jorge Lorenzo
Equipes Ducati Team
Tipo de artigo Últimas notícias