Lorenzo diz ainda não saber se correrá no Japão

compartilhar
comentários
Lorenzo diz ainda não saber se correrá no Japão
David Gruz
Por: David Gruz
18 de out de 2018 11:23

Piloto espanhol é aprovado por médicos, mas revela não ter 100% de confiança em sua forma física para competir

Jorge Lorenzo foi avaliado pelos médicos da MotoGP e considerado apto a correr no Japão neste fim de semana. O piloto da Ducati sofreu ferimentos nas duas últimas corridas da MotoGP. Suas primeiras contusões foram em Aragón, no tornozelo direito e no pulso esquerdo, o que culminaram depois em um acidente durante os treinos na Tailândia.

Lorenzo acabou perdendo a corrida em Buriram e disse que sua participação em Motegi dependeria de sua recuperação, e um dia antes do início da ação, ele sente que não melhorou o suficiente.

"Estou muito desapontado, porque eu sabia que a fratura existia após o exame, mas eu pensei que após 13 ou 14 dias a lesão melhoraria e eu me sentiria muito melhor aqui", disse ele.

"Honestamente eu não me sinto muito melhor, na verdade me sinto mais ou menos o mesmo. Nos primeiros dias senti alguma melhora, por isso comecei a nadar e fiz até alguns exercícios, mas quando forço o pulso levemente, sinto uma grande dor depois de algumas horas.”

"O pulso está bastante inflamado, a sensação não é boa e a dor é muito grande quando está fazendo algum movimento."

Lorenzo vai andar na primeira sessão de treinos, mas ele espera o início das atividades de forma apreensiva e também está preocupado em piorar sua condição, com mais duas corridas chegando nos próximos dois finais de semana.

"Eu não estou esperando me sentir muito bem na moto amanhã, mas de qualquer maneira eu vou tentar pilotar, porque você nunca sabe", acrescentou.

"É complicado porque esse tipo de lesão sem operação precisa de muitos dias para se recuperar e agora temos que correr três semanas seguidas, então a situação é difícil.”

"Com certeza pode ficar pior, também sei que não vai mudar tanto em apenas 8 ou 9 dias em Phillip Island. Para a Malásia, acho que será um pouco melhor, não para Phillip Island e com certeza não para amanhã.”

"O que me preocupa não é a dor, porque eu corri muitas vezes em condições ainda mais dolorosas. O que me preocupa é que eu não consegui operar e o osso pode sair do lugar se forçar, especialmente nestas áreas frenagens brutas."

Lorenzo acrescentou que a Ducati fez algumas mudanças, então seu violento acidente na Tailândia, resultado de um problema mecânico, não acontecerá novamente.

"Eu acho que eles entenderam o que aconteceu e vão fazer algumas coisas novas para isso não acontecer de novo."

Reportagem adicional por Oriol Puigdemont

Next article
Rossi encara Motegi como prova se Yamaha "melhorou" moto

Previous article

Rossi encara Motegi como prova se Yamaha "melhorou" moto

Next article

Rossi: Cobrei chefes da Yamaha, mas não sei se me ouviram

Rossi: Cobrei chefes da Yamaha, mas não sei se me ouviram
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Evento GP do Japão
Pilotos Jorge Lorenzo Shop Now
Equipes Ducati Team Shop Now
Autor David Gruz
Tipo de matéria Últimas notícias