Lorenzo diz que “erro estratégico” poderia ter custado pole

Espanhol afirma que deixar tática da classificação transparecer quase custou pole position para GP do Japão

Apesar de conquistar a pole position para o GP do Japão, Jorge Lorenzo não terminou a sessão totalmente satisfeito. Segundo o vice-líder da temporada, permitir que os planos para a classificação fossem decifrados pelos adversários – especialmente Valentino Rossi – poderia ter custado o primeiro lugar no grid de largada em Motegi.

"Estou muito contente com a pole, mas cometi um erro estratégico ao deixar minha tática visível para meus adversários. Talvez tivesse sido melhor utilizar dois jogos de pneus e não ter oferecido outra oportunidade a Valentino, que é nosso rival mais forte no momento”, disse.

 

 

Além disso, o espanhol reconheceu que os engenheiros que trabalham do outro lado da garagem fizeram um bom trabalho e permitiram a Rossi ser mais veloz do que vinha sendo nos treinos livres.

"Creio que eles encontraram algo no acerto da moto e isso permitiu a ele melhorar significativamente o ritmo. De qualquer forma, erros acontecem, devemos tirar lições disso e estarmos mais atentos no futuro", afirmou.

Rossi: "estava no lugar certo"

Rossi, por outro lado, celebrou a estratégia utilizada na classificação e disse que, além disso, teve sorte durante a sessão que definiu o grid de largada em Motegi.

"A estratégia é importante na classificação, especialmente neste formato. Já estive em situações como a de Jorge. Não basta ser rápido, você precisa estar concentrado e atento ao que acontece ao redor”, disse.

“Acho que isso é normal, muitas vezes acabei me dando mal e desta vez foi ele quem sofreu. Tive sorte e estava no lugar certo”, completou o líder do campeonato.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Evento GP do Japão
Pista Twin Ring Motegi
Pilotos Valentino Rossi , Jorge Lorenzo
Equipes Yamaha Factory Racing
Tipo de artigo Últimas notícias
Tags championnat du monde, duel, pole position, qualifs