Lorenzo diz que pode não correr devido a queda

compartilhar
comentários
Lorenzo diz que pode não correr devido a queda
Por: Scherazade Mulia Saraswati
5 de out de 2018 13:15

Espanhol revela que corpo está mais dolorido e que teve “muita sorte” de não se contundir mais após o ocorrido

O piloto da Ducati, Jorge Lorenzo, disse estar inclinado a desistir da corrida da MotoGP na Tailândia depois de uma queda assustadora nos treinos de sexta-feira. Lorenzo tomou um highside de sua Ducati Desmosedici GP18 na segunda sessão de treinos e foi levado para o hospital logo depois.

O espanhol, que sofreu contusões pesadas no pulso esquerdo e no tornozelo direito, já estava tratando uma contusão indo a Buriram depois de machucar o pé direito em um acidente violento na primeira curva em Aragón.

Perguntado se voltaria à moto no sábado, Lorenzo disse: “Se você me perguntar agora, eu diria que não. Porque a última fratura, a última lesão de Aragón, está um pouco pior. Não está mais quebrada, mas está mais dolorosa.”

“Mas, além disso, tenho no meu pulso esquerdo, uma grande contusão, e também no tornozelo direito. Não posso colocar o pé no chão. Então, se você me perguntar agora, direi não. Mas eu não quero dizer algo muito rápido, então vou esperar hoje à noite, para ver como me sinto amanhã de manhã.”

O tricampeão da MotoGP disse que teve "muita sorte" por não sofrer uma lesão mais séria na queda

“Foi assustador, eu estava com medo. Eu estava com medo do meu pé, porque realmente dói. Eu impacto no chão com as costas e também com os pés foi duro.”

“Então… o pé direito estava doloroso, e depois pouco a pouco eu entendi que não ficou pior do que antes. Então, tive sorte com isso.”

Lorenzo disse que o acidente foi devido a um "problema mecânico", enquanto o técnico da Ducati, Davide Tardozzi, confirmou: "não foi culpa de Jorge".

No entanto, Tardozzi se recusou a elaborar a causa exata do acidente, dizendo que a análise ainda estava em andamento, mas insistindo que a Ducati não estava preocupada com uma repetição. Lorenzo já havia sofrido uma queda induzida por falha mecânica no início desta temporada, abandonando a corrida do Catar por um problema no freio.

Quando perguntado se o problema de Buriram era particularmente frustrante, já que ele já estava pilotando machucado, Lorenzo disse: “Eu poderia ter mais sorte, com certeza. Mas também eu poderia ter mais azar. Então, vamos tentar ser positivos”.

“Talvez haja uma pequena possibilidade de que amanhã eu possa tentar andar de novo. Se não, com certeza tentarei no Japão, e no Japão acho que estarei muito melhor do que estou aqui.”

Reportagem adicional por Oriol Puigdemont

Jorge Lorenzo, Ducati Team

Jorge Lorenzo, Ducati Team

Photo by: Oriol Puigdemont

Próxima MotoGP matéria
Lorenzo é levado ao hospital após queda em Buriram

Previous article

Lorenzo é levado ao hospital após queda em Buriram

Next article

Rossi se diz intrigado por dia bom da Yamaha em Buriram

Rossi se diz intrigado por dia bom da Yamaha em Buriram
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Pilotos Jorge Lorenzo Shop Now
Equipes Ducati Team Shop Now
Autor Scherazade Mulia Saraswati
Tipo de matéria Últimas notícias