Lorenzo diz que teve “sorte” após problema de freio no Catar

compartilhar
comentários
Lorenzo diz que teve “sorte” após problema de freio no Catar
David Gruz
Por: David Gruz
19 de mar de 2018 14:39

Piloto espanhol revela que ficou sem freio e caiu na brita para não acertar o muro em Losail

Jorge Lorenzo, Ducati Team
Jorge Lorenzo, Ducati Team
Jorge Lorenzo, Ducati Team
Jorge Lorenzo, Ducati Team
Jorge Lorenzo, Ducati Team
Jorge Lorenzo, Ducati Team
Jorge Lorenzo, Ducati Team
Jorge Lorenzo, Ducati Team
Jorge Lorenzo, Ducati Team

Tricampeão da MotoGP, Jorge Lorenzo teve um mau início no GP do Catar do último domingo. De nono no grid, ele caiu diversas posições devido a uma tendência da Ducati de empinar largando. O piloto se recuperou, mas, em seguida, sua moto desenvolveu problemas no freio dianteiro.

Com a questão piorando volta a volta, a falha foi o que levou ao abandono do espanhol. Lorenzo disse que teve “sorte" que o incidente aconteceu na curva 4 e não no fim da reta principal.

"Foi um problema com o freio", disse Lorenzo, cujo companheiro, Andrea Dovizioso, venceu a prova.

"Eu tive muita sorte, porque isso não aconteceu na primeira curva. Porque se acontecesse ali, seria a 300 km/h e teria sido uma história diferente. Eu tive sorte com isso, mas hoje temos zero pontos."

"Eu simplesmente senti que o nível do freio dianteiro estava piorando, depois de algumas voltas eu não tinha mais freios. Eu precisava tentar usar menos o freio dianteiro e mais o traseiro.”

"Infelizmente, quando cheguei na curva 4, na primeira parte o freio estava bem, mas de repente eu simplesmente perdi completamente do freio. Fiquei sem freio.”

"Eu estava indo muito rápido para a brita e para a parede. Joguei a moto no chão para evitar bater na parede."

Bom ritmo na segunda parte da prova

Em sua primeira temporada com a Ducati no ano passado, Lorenzo geralmente era forte no início das corridas e perdia rendimento no final. Desta vez, Jorge se sentiu mais forte na segunda metade.

"Pela primeira vez, senti que tive uma segunda parte melhor de corrida com a Ducati, mas infelizmente não consegui provar isso porque caí", disse ele.

"Eu passei Jack Miller muito rápido. Eu estava me aproximando muito rápido de Andrea Iannone. Eu estava pegando o primeiro grupo muito rápido e estava ficando mais rápido com uma sensação mais confortável.”

"Eu acho que eu poderia lutar para ficar com o grupo da frente, não fosse o problema de freio. Eu não sei, tudo era possível. Vencer a corrida, terminar em terceiro ou em quinto". 

Reportagem adicional por Khodr Rawi

Next article
Grid girls da MotoGP roubam a cena na noite do Catar

Previous article

Grid girls da MotoGP roubam a cena na noite do Catar

Next article

Confira o top-10 do GP do Catar

Confira o top-10 do GP do Catar
Load comments