Lorenzo: Ducati mostrou espírito esportivo ao me deixar fazer testes com Honda

compartilhar
comentários
Lorenzo: Ducati mostrou espírito esportivo ao me deixar fazer testes com Honda
Oriol Puigdemont
Por: Oriol Puigdemont
10 de ago de 2018 21:59

Espanhol ficou satisfeito com decisão da Ducati de deixa-lo participar dos dois testes de fim de temporada com nova equipe

Jorge Lorenzo vai deixar a Ducati no final da atual temporada da MotoGP, indo para a Honda a partir da temporada de 2019, mas as atividades vão começar em novembro, com o primeiro teste a ser realizado em Cheste e Jerez. Conforme anunciado pelo Motorsport.com, o espanhol poderá participar com os japoneses com as restrições óbvias na pintura e dos patrocinadores.

A equipe italiana decidiu liberar Lorenzo, algo que no passado nem todas as marcas faziam, mas não comunicou o piloto diretamente.

"Eu descobri pela imprensa", confirmou Lorenzo. "Eles não comunicaram nada disso para mim, é obviamente uma boa notícia para os meus interesses e mostra o espírito esportivo que eles têm, estou muito feliz."

Voltando ao presente, Lorenzo, Andrea Dovizioso e a Ducati tiveram um bom ritmo no primeiro dia no Red Bull Ring. O italiano liderou a primeira sessão com pista seca, à frente de seu companheiro de equipe, além de Danilo Petrucci.

Como também era de se esperar, Márquez se posicionou como a principal alternativa às motos de Borgo Panigale, terminando em quarto pela manhã e sendo mais rápido à tarde. O catalão ficou a meio segundo de Dovizioso, algo que Lorenzo justificou pela decisão da Honda de não usar pneus novos na última parte do TL1.

"Eu já vi Marc muito forte, muito confiante. Ele não colocou pneus novos, por isso ficou mais lento do que nós. Nem eu acredito que ela poderia ter ido mais rápido do que Dovizioso. As forças estão bem combinadas entre as duas Ducatis e mesmo com Marc e Petrucci ", disse ele.

Lorenzo, segundo no final do dia, espera progredir no sábado.

"Há áreas para melhorias, mas não descarto dar um passo em frente. O positivo é que no seco cada vez que eu me encontro mais confortável, e melhor ainda, temos margem, especialmente nas frenagens.”

Next article
Dovizioso: Eu sabia que seria rápido de imediato na Áustria

Previous article

Dovizioso: Eu sabia que seria rápido de imediato na Áustria

Next article

Márquez supera Dovi em dois milésimos e é pole na Áustria

Márquez supera Dovi em dois milésimos e é pole na Áustria
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Evento GP da Áustria
Sub-evento Treino Livre 1
Localização Red Bull Ring
Pilotos Jorge Lorenzo Shop Now
Autor Oriol Puigdemont