Lorenzo é o mais rápido em dia de queda de Rossi no Catar

No início da série final de testes antes do começo da temporada da MotoGP, Lorenzo foi o mais rápido do dia

As equipes da MotoGP usaram o primeiro dia da bateria de testes final de pré-temporada para aclimatar as motos para a pista de Losail, única do calendário da MotoGP com corrida sob holofotes, bem como o novo pacote eletrônico, antes da abertura da temporada no dia 20 de março.

Mais uma vez, Jorge Lorenzo foi o mais veloz, com a marca de 1min55s452, quase meio segundo à frente de Maverick Viñales, que repetiu o bom ritmo dos testes de Phillip Island.

Valentino Rossi começou mal, caindo na curva 10. Saiu ileso e voltou à pista para definir o terceiro melhor tempo, 0s442 atrás de seu companheiro de equipe, mas apenas 0s014 atrás de Viñales.

Andrea Iannone definiu o quarto melhor tempo, sendo o mais rápido da nova Ducati. O quinto foi Scott Redding, à frente de Hector Barbera e Andrea Dovizioso.

Cal Crutchlow, que bateu sua moto no final da sessão, e Bradley Smith foram oitavo e nono, respectivamente.

Novas asas da Honda

A Honda utilizou novos winglets aerodinâmicos com Marc Marquez, muito menores que os utilizados pela Ducati. Ele não uso o dispositivo em todas as voltas, assim como seu companheiro Dani Pedrosa.

Marquez foi o mais rápido do time, mas foi apenas o 10° no geral. Pedrosa fez o 14° tempo, ambos acima de um segundo de diferença para Lorenzo.

Assim como Rossi, Loris Baz caiu também na curva 10. Tito Rabat encontrou o chão na curva 2, Aleix Espargaro na curva 14, assim como Stefan Bradl.

A Michelin ofereceu pneus médios dianteiros e traseiros, mas também disponibilizou compostos mais macios e duros, como segunda opção para as equipes.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Pilotos Valentino Rossi , Jorge Lorenzo , Maverick Viñales
Equipes Team Suzuki MotoGP , Yamaha Factory Racing , Repsol Honda Team
Tipo de artigo Relato de testes