Lorenzo e Rossi comentam toque “assustador” em Assen

compartilhar
comentários
Lorenzo e Rossi comentam toque “assustador” em Assen
David Gruz
Por: David Gruz
2 de jul de 2018 20:34

Disputando a liderança, espanhol perdeu a frente da Ducati e italiano da Yamaha não teve para onde ir e acabou o acertando na traseira

Jorge Lorenzo disse que foi "muita sorte" ninguém ter caído quando sua Ducati foi acertada por Valentino Rossi nas primeiras voltas do GP da Holanda.

O espanhol teve um momento difícil quando perdeu a frente na curva 17. Ao perder uma velocidade significativa, Rossi não conseguiu evitá-lo e o piloto da Yamaha bateu na traseira da moto de Lorenzo.

Ambos os pilotos continuaram em suas motos, mas Lorenzo disse que foi "muita sorte" que nem ele nem Rossi tenham caído.

"Foi um momento muito assustador lá, eu não sabia o que tinha acontecido atrás de mim. Eu não sabia se alguém havia caído com o impacto", disse Lorenzo.

"Eu nem sabia qual era o piloto, se Marc Márquez ou outro piloto, mas finalmente soube era Valentino Rossi. Tivemos muita sorte.”

"Com a Michelin, você tem um pouco mais de aderência no pneu traseiro do que na frente. Aconteceu em Le Mans também: em alta velocidade eu perdi a frente. E aconteceu de novo aqui. Apenas entrei um pouco mais por dentro, toquei a linha branca e a frente fechou.”

"Para evitar a queda tive que reduzir a velocidade. Valentino não esperava essa falta de velocidade naquela curva e me acertou por trás."

"Muita sorte, momento muito assustador, porque se tivesse sido um acidente com todo o grupo atrás, poderia ser muito perigoso. Mas foi a frente fechou, então eu tive sorte de não cair."

Rossi acrescentou: "No início tivemos muita sorte, eu e o Lorenzo, porque Lorenzo perdeu a frente na curva 12”.

"Eu cheguei atrás com muito mais velocidade e bati nele. Mas tivemos muita sorte porque eu o acertei perfeitamente, então não caímos."

Avanços no último setor durante a corrida

Lorenzo teve dificuldade com o setor final de Assen durante todo o fim de semana, perdendo vários décimos nessa parte do circuito.

No entanto, ele afirmou que ele fez um grande avanço durante a corrida e espera que este seja um problema menor quando ele voltar para a pista holandesa na Honda no ano que vem.

"No setor 4, particularmente, a Ducati tem um pouco de dificuldades na mudança de direção em alta velocidade", explicou ele. "Todas as Ducatis têm dificuldade no setor 4, mas especialmente eu”.

"Eu tive um pouco mais de dificuldade porque eu já tinha dificuldades com a Yamaha.”

"Eu entendi um segredo no meio da corrida para torná-lo um pouco mais rápido, o setor, mas eu já não tinha tanta energia porque estava indo o mais rápido do que podia durante a corrida.”

"Eu não estava com o pneu tão bem. No ano que vem eu acho que vou melhorar nesse setor."

Next article
Má sorte da Mercedes incendeia campeonato da F1

Previous article

Má sorte da Mercedes incendeia campeonato da F1

Next article

Após ser 2º, Rins diz que “vitória chegará em breve”

Após ser 2º, Rins diz que “vitória chegará em breve”
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Evento GP da Holanda
Localização Assen
Pilotos Valentino Rossi Shop Now , Jorge Lorenzo Shop Now
Equipes Ducati Team Shop Now
Autor David Gruz