Lorenzo fala em problemas nos freios e lamenta 4º na Malásia

Espanhol diz ter perdido muito tempo nas freadas; dificuldade, segundo vice-líder do campeonato, causou queda no TL4

Jorge Lorenzo não está muito satisfeito com o quarto lugar obtido após o treino classificatório para o GP da Malásia, realizado neste sábado (24). O espanhol foi superado por Valentino Rossi nos instantes finais e perdeu o posto na primeira fila, liderada pela dupla da Honda - com Dani Pedrosa à frente de Marc Marquez.

A volta de Rossi foi tão em cima da hora que Lorenzo acabou "pagando um mico" no retorno aos boxes: ele não se deu conta de que havia sido superado e, ao chegar no pit lane, seguiu para o parque fechado, local em que os três primeiros param as motos. Para a surpresa do espanhol, um fiscal impediu a entrada dele no setor e foi então que ele percebeu que Rossi tinha obtido o terceiro melhor tempo da sessão.

"Quando retornava para os boxes, olhei para o monitor e me vi em terceiro, mas Valentino terminou a volta dele depois disso", disse o piloto da Yamaha.

 

Além disso, Lorenzo reclamou do comportamento dos freios. Segundo o vice-líder do campeonato, o problema o impediu de dar o máximo nas voltas lançadas e foi a causa da queda nos instantes finais do TL4. 

"Não pude frear adequadamente desde o quarto treino livre. Com isso, não pude ser agressivo em minhas tentativas, esse foi o grande problema, pois perdia muito tempo nas freadas. É uma pena perder a oportunidade de largar na primeira fila, mas se conseguirmos resolver esse problema poderemos ser competitivos na corrida", completou.

 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Evento GP da Malásia
Pista Sepang International Circuit
Pilotos Jorge Lorenzo
Tipo de artigo Últimas notícias