Lorenzo: “não será fácil ser mais rápido que Dovizioso”

De ida para a Ducati em 2017, piloto espanhol não espera ter vida fácil ao lado de antigo rival italiano

Tendo concluído seu primeiro teste com a Ducati, o tricampeão da MotoGP, Jorge Lorenzo, insiste que não vai ser fácil vencer o novo companheiro de equipe, Andrea Dovizioso.

Dovizioso, que completou sua nona temporada na MotoGP em 2016, passou sete delas em times contendo duas motos. Ele já andou junto e superou pilotos como Cal Crutchlow, Nicky Hayden e Andrea Iannone.

Em 2017, Dovizioso terá Lorenzo a seu lado. E o espanhol deixou claro que de maneira nenhuma subestima o italiano, que anda na Ducati desde 2013.

Lorenzo e Dovizioso se conhecem bem há muito tempo, pois além de competidores nas 125cc, foram rivais pelos títulos de 2006 e 2007 das 250cc, ambos conquistados pelo espanhol.

"Andrea é uma pessoa muito lógica e com muita experiência”, disse Lorenzo.

“Não comete erros, termina sempre as corridas e marca muitos pontos."

"Ele foi muito rápido em Valência e acho que está no melhor momento de sua carreira, não será fácil ser mais rápido que ele."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Pilotos Andrea Dovizioso , Jorge Lorenzo
Equipes Ducati Team
Tipo de artigo Últimas notícias