Lorenzo: “não terei problema com nenhum piloto em 2016”

Campeão da MotoGP em 2015 afirma que não terá rusgas com nenhum dos companheiros de profissão na próxima temporada, mesmo com toda a polêmica do final deste ano

Jorge Lorenzo está no clima "paz e amor" após se sagrar campeão da temporada 2015 da MotoGP. Mesmo com toda a polêmica em que se viu envolto na reta final do campeonato - toda a confusão envolvendo Valentino Rossi e Marc Marquez - Lorenzo disse que não haverá rusgas ou questões mal resolvidas em 2016.

"Não terei problema com nenhum piloto em 2016. Temos feito nossa carreira e respeitado nossos rivais, não há nada do que tenhamos feito na pista que nos cause algum tipo de arrependimento", disse Lorenzo durante a premiação de gala da FIM (Federação Internacional de Motociclismo).

Sobre os cinco títulos mundiais (dois na extinta 250cc e três na MotoGP), o piloto da Yamaha destacou que sempre esteve entre os principais nomes da competição. 

"O mais importante é estar no topo ou perto dele. Estou orgulhoso por ter figurado sempre em primeiro ou segundo - exceto no ano passado, quando terminei em terceiro. O título deste ano foi baseado na fé que minha equipe e eu temos em nós mesmos. Isto me fez acreditar e lutar para superar todas as dificuldades desta temporada", afirmou.

Por fim, Lorenzo comentou sobre a mudança do fornecedor de pneus da categoria - os Michelin substituem os Bridgestone a partir de 2016.

"Acredito que o Michelin combina com meu estilo de pilotagem. Com o Bridgestone, você podia frear muito tarde e praticamente já na inclinação máxima para contornar a curva. Já com o Michelin não é possível fazer isso, é necessário frear antes e manter a moto na trajetória para fazer uma boa curva", completou.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Pilotos Valentino Rossi , Jorge Lorenzo , Marc Marquez
Equipes Yamaha Factory Racing
Tipo de artigo Últimas notícias