Lorenzo: "O mais viável é lutar pelo vice da MotoGP"

compartilhar
comentários
Lorenzo:
Oriol Puigdemont
Por: Oriol Puigdemont
12 de ago de 2018 14:31

Vencedor do GP da Áustria de MotoGP, Jorge Lorenzo travou uma emocionante batalha até o final de corrida com Marc Márquez, o segundo colocado

Spielberg – O GP da Áustria foi dominado por Marc Márquez, mas Jorge Lorenzo foi capaz de esperar pelo momento certo e na parte final da corrida travou uma intensa disputa de posição com o espanhol da Honda até superá-lo para conquistar a vitória.

"Uma tensão terrível. O coração sofreu, mas foi difícil manter os nervos com Marc porque ele é ótimo nas frenagens", explicou Lorenzo.

O espanhol chegou a se colocar em primeiro no início, mas preferiu administrar a corrida.

"Cada um de nós tinha nossas cartas em partes do circuito", completou.

No final, Lorenzo conseguiu devolver todas as ultrapassagens de Marc.

 

"Na última volta eu pude ultrapassá-lo e pouco depois tentei tirar ao máximo para vencer esta corrida especial."

"Foi uma estratégia improvisada. Foi uma corrida muito bonita".

Márquez dominou no início e dificultou muito para a Ducati.

"Marc jogou muito duro, eles podem não ter tantos problemas de consumo. Eu me mantive em segundo a oito décimos, mas quando cheguei à primeira posição com sete voltas para o final, era impossível me deixar para trás ".

Houve um momento em que Márquez liderou com mais de um segundo de vantagem, talvez o momento crítico para Lorenzo.

"Quando me vi a 1,2 segundo tive minhas dúvidas, mas quando comecei a me recuperar já sabia que ele não ia fugir".

Lorenzo parece mais e mais solto e perigoso no guidão da Ducati.

"Depois de Mugello, as minhas sensações com a moto mudaram. A chave foi a escolha do pneu traseiro macio, que eu consegui levar até o final com vida suficiente.”

Com esta vitória e o terceiro lugar do seu companheiro de equipe, Lorenzo passou Dovizioso na classificação geral e subiu para terceiro na tabela.

"É muito bom ultrapassar Dovi. Estamos perto de Valentino. Faltam muitas corridas e podemos perder. O importante é que a sensação na moto é boa e que o ritmo da corrida até o final é sempre bom."

Agora o objetivo do espanhol é, pelo menos, terminar em segundo lugar do campeonato.

"O mais viável é lutar pela segunda posição, porque estamos a 71 pontos de Marc. Ele, ainda está arriscando como hoje e se mantém sempre em cima da moto, por isso vai ser muito difícil ir tirar seus pontos", concluiu.

Próxima MotoGP matéria
TABELA: Mesmo em 2º, Márquez amplia liderança na MotoGP

Previous article

TABELA: Mesmo em 2º, Márquez amplia liderança na MotoGP

Next article

Márquez: “Não se pode vencer todas as batalhas”

Márquez: “Não se pode vencer todas as batalhas”
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Evento GP da Áustria
Localização Red Bull Ring
Pilotos Jorge Lorenzo Shop Now
Autor Oriol Puigdemont
Tipo de matéria Reactions