Lorenzo prevê melhora com Michelin: "mais ao meu estilo"

Campeão da MotoGP em 2015, espanhol se mostra confiante de que mudança para borracha francesa irá beneficiá-lo na próxima temporada

Jorge Lorenzo acredita que estará ainda mais forte na temporada 2016 da MotoGP. O motivo para tal confiança é o retorno dos pneus Michelin à categoria - no último ano dos Bridgestone na classe rainha do Mundial de Motovelocidade, Lorenzo venceu sete provas e se sagrou tricampeão.

Nem a possível mudança na ordem de forças com a chegada da borracha francesa abala a confiança do espanhol, que acredita que os Michelin combinam mais com o estilo de pilotagem do que os pneus japoneses.

"Em 2008, meu primeiro ano na MotoGP, andei com os Michelin. Não me lembro totalmente de como era o equilíbrio, mas sei que o estilo de pilotagem é significativamente diferente se comparado ao Bridgestone. Você precisa frear um pouco mais cedo e liberar o freio um pouco antes, mas isso é mais ao meu estilo de pilotagem", disse.

Além disso, Lorenzo reverberou as declarações de Valentino Rossi quanto à necessidade de a nova M1 ser mais veloz nas retas, além de pedir progressos na central eletrônica padrão, obrigatória a todas as equipes a partir desta temporada.

"A moto do ano passado era muito boa. Talvez precisemos de um pouco mais de potência, pois em longas retas a gente perdia um pouco para nossos adversários. Os pneus não serão um grande problema, só precisamos ser um pouco mais cautelosos com a dianteira no início", afirmou.

"Teremos um pneu dianteiro com mais aderência com o decorrer da temporada, pedimos à Michelin que fizesse melhorias nesse sentido. Mas também espero que a Yamaha trabalhe no sentido de descobrir como fazer a eletrônica funcionar perto do que tínhamos no ano passado", completou.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Evento Lançamento oficial Yamaha MotoGP
Pilotos Jorge Lorenzo
Equipes Yamaha Factory Racing
Tipo de artigo Últimas notícias