Lorenzo: "seria muito arriscado disputar com Marquez"

compartilhar
comentários
Lorenzo:
Jamie Klein
Por: Jamie Klein
18 de out de 2015 08:31

Jorge Lorenzo admite que teve receio de colidir com piloto da Honda na disputa da última volta e perder pontos em relação a Valentino Rossi na briga pelo título

Jorge Lorenzo, Yamaha Factory Racing
Jorge Lorenzo, Yamaha Factory Racing
Jorge Lorenzo, Yamaha Factory Racing
Jorge Lorenzo, Yamaha Factory Racing
Jorge Lorenzo, Yamaha Factory Racing
Jorge Lorenzo, Yamaha Factory Racing
Jorge Lorenzo, Yamaha Factory Racing
Jorge Lorenzo, Yamaha Factory Racing
Jorge Lorenzo, Yamaha Factory Racing

Jorge Lorenzo terminou o GP da Austrália, realizado neste domingo (18), na segunda posição, apesar de ter liderado boa parte da prova. O piloto da Yamaha abriu a última volta com oito décimos de vantagem sobre Marc Marquez, mas viu essa diferença ser dizimada pelo compatriota, que o superou na curva dez e venceu a prova.

Com isso, Lorenzo deixou de fazer 12 pontos a mais do que Valentino Rossi, ficando com sete pontos a mais do que o companheiro de equipe e líder do campeonato. No entanto, o espanhol disse que preferiu não se colocar em uma situação que pudesse levá-lo a sair de Phillip Island zerado.

"Seria muito arriscado disputar com Marquez. Ele estava extremamente forte nas freadas, então preferi não correr o risco de perder os sete pontos a mais que estava fazendo em relação a Rossi", disse.

“Eu esperava que Marc pudesse ser um pouco mais veloz do que eu e abrir vantagem. Como Andrea e Valentino estavam muito atrás, eu tentei seguir Marc de perto. Quando consegui superá-lo, acelerei o máximo que pude para me distanciar. Não faço ideia de onde ele tirou os décimos (na última volta), foi inacreditável", afirmou. 

Com o resultado do GP da Austrália, a vantagem de Rossi sobre Lorenzo caiu de 18 para 11 pontos, restando duas corridas para o final da temporada. Em um cenário que permite muitas possibilidades, Lorenzo acredita que a disputa seguirá indefinida até a prova final, em Valência.

“O campeonato inteiro tem sido como um filme: você nunca sabe o que vai acontecer na próxima 'cena', especialmente no final. Acredito que chegarei em Valência com uma pontuação semelhante à de Valentino, então a disputa será emocionante e as pessoas vão se divertir até a última volta."

"Se eu tivesse conseguido 12 pontos a mais do que Valentino, estaria muito mais próximo dele. Por outro lado, se ele tivesse terminado em terceiro, teria feito apenas quatro pontos a mais do que ele. Sete é muito melhor do que quatro", completou.

 

Próxima MotoGP matéria
"Não esperava chegar em Lorenzo", admite Marquez

Previous article

"Não esperava chegar em Lorenzo", admite Marquez

Next article

Iannone atropela gaivota durante GP da Austrália; veja imagens

Iannone atropela gaivota durante GP da Austrália; veja imagens
Load comments