Luthi admite que estilo da Moto2 o atrapalha na MotoGP

Suíço revela que ainda não se acostumou inteiramente com comportamento dos pneus Michelin

A mudança de categorias no Mundial de Motovelocidade pegou de jeito Thomas Luthi, que em 2018 faz a transição do campeonato intermediário, no qual competiu por 11 temporadas, para a MotoGP.

O piloto da Marc VDS Honda admitiu que ainda tem um "estilo Moto2” dentro de si, e que levará "mais tempo para me adaptar" à categoria principal.

"É um mundo diferente, a Moto2 é uma escola brilhante, mas eu tive muitos anos na Moto2 e com certeza eu tenho esse estilo da Moto2 dentro de mim", disse Luthi.

"Eu preciso mudar isso e talvez demore um pouco mais para mudar esse estilo e me adaptar à MotoGP. Mas eu realmente trabalharei muito. Eu realmente trabalharei volta a volta ou curva a curva para mudar esse estilo, o que é muito importante."

Luthi apontou o pneu dianteiro da Michelin como a parte difícil de sua aclimatação à MotoGP, depois de muitos anos usando os pneus Dunlop.

"É difícil ter a sensação correta, especialmente na frente. É muito diferente dos pneus dianteiros da Moto2.”

"Passo a passo, eu estou chegando mais perto. Eu trabalhei em um dos dias do teste quase inteiramente nisso, para obter realmente uma sensação melhor, mas ainda preciso de mais voltas.”

"Eu acho que preciso arriscar ainda mais na entrada das curvas, frear mais tarde. Na Moto2 seria uma história completamente diferente".

Reportagem adicional por Scherazade Mulia Saraswati

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP , Moto2
Evento Sepang January testing
Pista Sepang International Circuit
Pilotos Thomas Luthi
Equipes Estrella Galicia 0,0 Marc VDS
Tipo de artigo Últimas notícias