Márquez confirma novo contrato com Honda na MotoGP até 2020

Tetracampeão pela equipe, espanhol bota fim a rumores e confirma estadia no time da fábrica até final de 2020

Atual campeão da MotoGP, Marc Márquez assinou um novo acordo para permanecer na Honda nos dois próximos anos, 2019 e 2020.

Apesar de interesse de fábricas rivais, Márquez deixou claro desde o início que sua preferência era permanecer com a Honda, onde iniciou sua carreira na MotoGP no ano de 2013.

O próprio espanhol chegou a falar durante o teste de pré-temporada mais recente, na Tailândia, que um acordo para permanecer no time de fábrica apoiado pela Repsol estava perto de ser fechado.

"Nós já começamos a conversar com a Honda, e eu gostaria de fechar o novo contrato o mais cedo possível, assim posso me concentrar em correr", disse o piloto de 25 anos.

Márquez torna-se o segundo piloto de ponta a assinar um novo acordo para permanecer onde está, em meio a indicações crescentes de que o mercado de pilotos de 2019 deverá ficar relativamente estagnado entre as melhores equipes.

Maverick Viñales já se comprometeu com a Yamaha por mais duas temporadas depois de 2018, enquanto seu colega de equipe, Valentino Rossi, deverá continuar no time por pelo menos mais um ano.

A dupla da Ducati, Andrea Dovizioso e Jorge Lorenzo, também deve permanecer com a marca italiana.

O único ponto de interrogação é o companheiro de Márquez, Dani Pedrosa, que corre para a Repsol Honda desde 2006.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Pilotos Marc Marquez
Equipes Repsol Honda Team
Tipo de artigo Últimas notícias