Márquez descarta mudança de time: “motivação é a mesma”

Com contrato acabando ao fim de 2018, piloto espanhol garante que continuará parceria com a Honda

Tetracampeão da MotoGP neste ano, Marc Márquez disse que, apesar dos rumores, não deverá mudar de time em 2019. O espanhol teria recebido uma grande proposta da KTM para se juntar à equipe austríaca ao fim de seu acordo vigente com a Honda.

Porém, o próprio espanhol sugeriu que não tem interesse em mudar de time em breve, e afirmou que ainda gosta do "sonho" de correr pelo "melhor fabricante" da MotoGP.

"A motivação é a mesma de sempre: melhorar e aprender com os erros do passado", disse ele durante um evento de um patrocinador em Madri. "Se eu continuar ganhando, minha motivação será a mesma.”

"Meu sonho era guiar pela melhor fabricante e estou vivendo este sonho. Não estou procurando motivação extra. Não está faltando nenhum tipo de incentivo no momento.”

"Quando você vai para outro fabricante, é porque você precisa disso. Eu sempre tenho que decidir o que é o melhor para mim em cada momento."

Márquez e seu companheiro de equipe, Dani Pedrosa, não participaram do teste privado da Honda mais recente, feito em Jerez. Ambos se declararam satisfeitos com o teste oficial de pós-temporada do mês passado em Valência.

O piloto de 24 anos, no entanto, advertiu que o time terá que esperar até o teste de Sepang em janeiro para poder avaliar o seu progresso.

"Nós realmente não começamos a pré-temporada", acrescentou Márquez. "Durante estes meses, ainda há trabalho a fazer e tudo pode mudar.”

"Estamos em contato durante o inverno com os engenheiros. Fui ao Japão para ver como as coisas estavam indo. Há partes para melhorar e sempre fazemos isso.”

"A primeira impressão em Valência foi boa, mas temos que esperar até chegar a pistas onde normalmente temos dificuldade para ver se ganhamos velocidade."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Pilotos Marc Marquez
Equipes Repsol Honda Team
Tipo de artigo Últimas notícias