Márquez diz que receberia bem Dovizioso na Repsol Honda

compartilhar
comentários
Márquez diz que receberia bem Dovizioso na Repsol Honda
Por: Gabriel Lima
11 de abr de 2018 15:50

Sem contrato para 2019, piloto italiano negocia com diversos times e espanhol diz respeitar qualquer decisão da Honda

Marc Márquez
Marc Márquez
Eric Granado, Álex Márquez e Marc Márquez
Álex Márquez e Marc Márquez
Álex Márquez e Marc Márquez
Marc Márquez

Em evento em São Paulo na última terça-feira (10), Marc Márquez comentou o fato de seu companheiro de equipe atualmente, Dani Pedrosa, não ter um contrato firmado para a próxima temporada.

Um dos nomes cotados para assumir o lugar do 26 se a Honda realmente decidir tirá-lo é Andrea Dovizioso. O vice-campeão do ano passado, que andou pela equipe de 2009 a 2011, não tem ainda contrato com a Ducati para 2019. Questionado sobre isso, Márquez disse que quer que seu parceiro seja o mais forte possível.

“Dovizioso seria bem-vindo em qualquer equipe agora”, falou.

“Eu não decido meu companheiro de equipe, mas quero seguir na Honda porque é meu sonho e onde estou. Mas eu peço também à Honda que meu companheiro de equipe seja o mais forte possível.”

“O Dani Pedrosa é rápido. Se não for para ser Dani, precisa ser o mais forte que eles acreditam. Com dois pilotos para ganhar o campeonato, faz crescer a rivalidade e o nível.”

De momento, Dovizioso está sendo mais rápido em pista. É um piloto que me fez trabalhar muito na pista no ano passado. Ele é o adversário mais duro, porque é sempre o mais veloz. No momento, Andrea é o mais constante e rápido.”

Questionado pelo Motorsport.com sobre o que formava um campeão, e se agressividade fazia parte das características para marcar seu nome na história, o espanhol respondeu: “para ser um campeão você não pode ter só talento, mas também a ambição, sacrifício e trabalho”.

“Você também tem que ser forte, estar convencido e viver para isso. Você tem que viver para a sua paixão, para o seu esporte. Quando acaba uma carreira esportiva, todos os pilotos – ou ao menos eu – quero ser lembrado como alguém que deu tudo. Que deu o máximo no esporte e em tudo que fez. Uma pessoa que dá 100% sempre tem muitos méritos.”

Próxima MotoGP matéria
Suzuki mira tirar Lorenzo da Ducati para temporada 2019

Previous article

Suzuki mira tirar Lorenzo da Ducati para temporada 2019

Next article

Dovizioso: Márquez jogou fora uma vitória fácil na Argentina

Dovizioso: Márquez jogou fora uma vitória fácil na Argentina
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Pilotos Marc Marquez Shop Now
Autor Gabriel Lima
Tipo de matéria Últimas notícias