Márquez e Dovi divergem sobre redução de testes na MotoGP

compartilhar
comentários
Márquez e Dovi divergem sobre redução de testes na MotoGP
Oriol Puigdemont
Por: Oriol Puigdemont
1 de mar de 2018 21:24

Enquanto que atual campeão da categoria é favorável à redução, italiano se diz contrário à decisão

Andrea Dovizioso, Ducati Team
Andrea Dovizioso, Ducati Team
Marc Marquez, Repsol Honda Team
Marc Marquez, Repsol Honda Team
Marc Marquez, Repsol Honda Team
Marc Marquez, Repsol Honda Team

A partir do próximo ano, as três sessões de testes de pré-temporada da MotoGP, que em 2018 ocorreram na Malásia, Tailândia e no Catar, serão reduzidas para apenas duas.

Os locais que irão hospedar esses dois compromissos coletivos ainda não foram anunciados, mas a decisão tomada no final de 2017 em uma das reuniões da Comissão de GPs não era unanimidade no grid.

Na verdade, os dois principais protagonistas do campeonato passado se manifestaram em posições completamente opostas. Enquanto Marc Márquez acredita que a eliminação de um dos testes é uma boa notícia, Andrea Dovizioso a considera uma ideia muito contraproducente.

"Dois testes de dois dias são suficientes. Eu gosto dos testes porque tenho um bom tempo na moto, mas gosto muito das corridas. Eu prefiro 20 corridas e menos testes", afirmou o piloto, que nesta quinta-feira voltou a correr, em Losail.

Tanto pelo ritmo quanto velocidade mostrada neste inverno, o espanhol é provavelmente o piloto favorito aos olhos dos rivais.

"Se me sinto pronto para o início do campeonato? Sim. Mas é claro que se você trabalhar cada vez mais, você se sente mais preparado", acrescentou o catalão.

"Acho que (diminuir de três para dois testes) é uma ideia muito ruim. Dois ensaios não são suficientes. É uma decisão muito ruim", disse Andrea Dovizioso, que vai um pouco mais longe e se refere aos circuitos que devem hospedar esses dois testes.

"A Malásia tem que ser um dos lugares para onde vamos. É verdade que chove, que é quente e tudo mais. Mas, apesar de todas essas condições, é o melhor lugar. No inverno, é muito difícil encontrar uma pista onde o tempo está bom. Não sei se é melhor a Malásia e Catar, ou Malásia e Phillip Island", disse o italiano.

Próxima MotoGP matéria
Lorenzo diz que chassi da Ducati “não funcionou” no Catar

Previous article

Lorenzo diz que chassi da Ducati “não funcionou” no Catar

Next article

Rossi descarta ter equipe na MotoGP até 2021

Rossi descarta ter equipe na MotoGP até 2021

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Pilotos Andrea Dovizioso , Marc Marquez
Autor Oriol Puigdemont
Tipo de matéria Últimas notícias