“Márquez exagera sobre os problemas da Honda”, diz Rossi

Para italiano, rival tem moto muito rápida e é favorito absoluto na etapa de Austin da MotoGP

O italiano Valentino Rossi acredita que o espanhol Marc Márquez é praticamente imbatível em Austin e tentará ficar o mais perto dele possível, porque em sua avaliação isso significaria terminar à frente do restante no GP de domingo.

Quem se limita a ver a classificação da segunda sessão de treinos livres em Austin vai pensar que Valentino Rossi está praticamente descartado a ocupar um dos lugares no pódio neste domingo. Ele terminou em sexto, a quase um segundo de Marc Márquez, o mais rápido.

"Marquez é muito forte, e foi desde o primeiro momento. Não devemos desistir, porque é sexta-feira, mas temos que pensar em ficar o mais perto dele no domingo porque isso significa estar à frente do resto", disse o italiano.

Questionado sobre a mudança da Honda nos últimos dois meses, Rossi disse que não acredita que os problemas de aceleração que Marquez reclamava continuam.

"Tenho visto Márquez perigoso em todos os momentos. As coisas mudaram muito em um curto período de tempo. Na pré-temporada foi Jorge que fez a diferença, mas na Argentina ele cometeu um erro e Marc se destacou", disse. "E eu acho que ele exagera quando fala sobre os problemas da Honda, porque a moto é muito rápida", argumentou.

"O que aconteceu é que a Honda precisava de mais tempo para configurar a parte eletrônica, pois até o ano passado a dela era mais sofisticada. Tanto Ducati como Yamaha já trabalharam com a Magneti Marelli. Mas, honestamente, eu esperava que levasse mais tempo para resolverem estes problemas", disse Rossi.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Evento GP das Américas
Sub-evento Sexta-feira
Pista Circuit of the Americas
Pilotos Valentino Rossi , Marc Marquez
Equipes Yamaha Factory Racing
Tipo de artigo Últimas notícias