Márquez: "Hoje foi um dia para minimizar riscos"

Marc Márquez foi o mais rápido no primeiro livre do dia e liderou o segundo, até que, faltando quatro minutos para o final, foi superado por três adversários

Alcaniz - O GP de Aragón da MotoGP começou com um primeiro dia de treinos livres condicionados por uma fina chuva que deixou a pista de Motorland nas condições mais temidas pelos pilotos: nem seco nem molhado.

Apesar disso, a Honda provou ser a mais rápida do dia, até o final do TL2 Lorenzo, Pedrosa e, finalmente, Zarco melhoraram seus tempos.

"Hoje é difícil tirar conclusões porque amanhã e domingo vamos correr no seco", disse Márquez adiantando a previsão de sol para os dois próximos dias.

"Eu me senti bem no molhado, espero que amanhã seja o mesmo, embora seja difícil, porque o TL3 será como um cronometrado".

Marc não quis fazer um ataque ao tempo na parte final do TL2 para permanecer no topo da tabela de tempos, já que a situação envolveu risco.

"Hoje foi um dia para rodar, ser mais ou menos rápido e minimizar os riscos. Se você olhar, eu e Dovizioso somos os que menos rodamos", disse ele.

"Você poderia sair e fazer uma volta, mas, se você estiver disputando o título, não faz muito sentido", concluiu.

Marc Marquez, Repsol Honda Team

Marc Marquez, Repsol Honda Team
1/5

Marc Marquez, Repsol Honda Team

Marc Marquez, Repsol Honda Team
2/5

Marc Marquez, Repsol Honda Team

Marc Marquez, Repsol Honda Team
3/5

Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing

Valentino Rossi, Yamaha Factory Racing
4/5

Andrea Dovizioso, Ducati Team

Andrea Dovizioso, Ducati Team
5/5

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Evento GP de Aragón
Pista Motorland Aragon
Tipo de artigo Últimas notícias