Márquez: "Não saberei quem é meu rival até o meio do ano"

Tricampeão da MotoGP evita dizer que está indo atrás de Viñales e coloca Rossi, Pedrosa e Lorenzo como favoritos também

O atual campeão da MotoGP, Marc Márquez, não quis dar o status de principal favorito ao título para o compatriota Maverick Viñales. Segundo o espanhol, até a metade da temporada ele não saberá quem será seu maior rival na disputa pelo mundial de 2017.

"No ano passado, ele (Viñales) ganhou corrida e conseguiu muitos pódios, terminando o campeonato em quarto lugar", explicou o piloto de Cervera em entrevista à Rádio Catalunya. "É um dos rivais, mas não saberei até a metade do ano quem será o meu maior rival."

"É claro que foi o adversário que se revelou mais sólido. Mas agora você tem que ver em todas as corridas. Temos Rossi, Maverick e Pedrosa, que não fez muito barulho, mas fez uma grande pré-temporada."

O piloto da Honda não descarta nenhum cenário para o mundial deste ano.

"Talvez seja uma temporada muito disputada, mas talvez um piloto possa escapar na classificação."

"No ano passado eu aprendi que no início o principal rival da temporada é você mesmo. Você tem que se controlar e, em seguida, ver como está posicionado no campeonato."

Márquez também acredita que Jorge Lorenzo possa lutar pelo título.

"Vejo Lorenzo competindo para vencer corridas, mas para ganhar um mundial você tem que ser muito competitivo em todos os circuitos. A Ducati é um novo desafio para ele. É muito diferente da moto da Yamaha, e isso pode custar-lhe um pouco", previu.

Admiração por Valentino Rossi

Mais uma vez a relação entre Valentino Rossi e Márquez veio à tona. Marc salientou que Sepang 2015 marcou um antes e um depois relacionamento.

"Eu esqueço rapidamente das coisas. O que passou, passou. É claro que a relação que tínhamos antes era muito diferente. Eu aprendi muitas coisas com Valentino e eu ainda o admiro pelo que ele está fazendo. Na idade dele, se manter motivado e ser vice-campeão nos últimos três anos é impressionante. Em muitos dias ele é o último a sair do paddock", contou.

Marc crê que os jovens pilotos da academia de Rossi sejam a chave para sua longevidade.

"Uma das chaves é que Valentino se cercou de pessoas que mantiveram viva essa motivação. A VR46 Riders Academy o ajudou a nunca treinar sozinho, sempre com outros pilotos. Os jovens pilotos transmitem seus sonhos a ele, o que faz ele sempre querer mais."

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Pilotos Valentino Rossi , Jorge Lorenzo , Dani Pedrosa , Marc Marquez , Maverick Viñales
Tipo de artigo Últimas notícias