Marquez: "O GP da Holanda foi definitivamente exorcizado"

Vencedor da etapa alemã, Marc Marquez comemora bom resultado e sacramenta o fim do fantasma que tanto o atormentou.

Se Marc Marquez sonhava em dar uma rápida resposta após a etapa de Assen, na Holanda, ela não poderia ter sido melhor. Liderando todos os treinos e vencendo com propriedade a prova em Sachsenring, ele acabou conseguindo virar a página do episódio em que viu seu concorrente e ídolo, Valentino Rossi, vencer de maneira controversa, na opinião dele: "Estou feliz com o resultado. Todos nós trabalhamos muito duro. Em Assen fomos capazes de fazer o mesmo, mas aqui nós conseguimos terminar à frente. O GP da Holanda foi definitivamente exorcizado."

O único momento em que o espanhol não liderou foi logo no início e ele explicou o que aconteceu: "Eu fiz aquele começo para evitar tumulto nas primeiras curvas. Nessa hora, Dani e eu estávamos cautelosos porque tínhamos pneu dianteiro duro e perder aderência naquele momento poderia ser muito complicado ".

Vivendo boa fase, Marquez falou sobre como vão ser os próximos dias e se dará tempo de curtir as féria de verão da categoria: "Na próxima semana vamos fazer testes significativos em Misano com Dani. Será essencial para o futuro, inclusive para a segunda parte da temporada. Estamos voltando à nossa melhor forma gradualmente, mas ainda há muito o que fazer. Após esses testes, vamos ter cinco ou sete dias de folga", concluiu.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Evento GP da Alemanha
Sub-evento Pós-corrida - Domingo
Pista Sachsenring
Pilotos Marc Marquez
Tipo de artigo Últimas notícias