Márquez: "Qualquer um poderia ter vencido"

compartilhar
comentários
Márquez:
Oriol Puigdemont
Por: Oriol Puigdemont
Traduzido por: Daniel Betting
4 de nov de 2018 10:15

Marc Márquez venceu o GP da Malásia após largar em sétimo e ver Valentino Rossi cair a quatro voltas do fim

Marc Márquez conquistou neste domingo na Malásia sua nona vitória da temporada, 44ª desde que está na MotoGP e 70ª no mundial, e está a apenas 20 do recorde de 90 do lendário Angel Nieto. Marc, que largou em sétimo após uma punição, nunca tinha vencido saindo tão detrás do grid de largada na categoria rainha.

Na quinta volta, Márquez superou Johann Zarco, assumiu a segunda posição e, por 12 longas voltas, perseguiu o líder Valentino Rossi, que dificultou bastante as coisas para o espanhol. Quando tudo parecia apontar para uma batalha pela vitória, Valentino foi ao chão, a quatro voltas do final, e deu a vitória de presente ao pentacampeão da MotoGP.

"Larguei em sétimo e na primeira curva não conseguiu passar ninguém, mas na primeira volta comecei a avançar, não estava bem, era uma moto muito física, não pilotava bem, tinha que seguir arriscando", disse Marc, que tomou um susto e quase caiu ainda na primeira volta.

Leia também:

Quando Marc alcançou a segunda posição, Rossi liderava com oito décimos de vantagem, chegando a 1s3, mas pouco a pouco Marc começou a diminuir a vantagem do italiano décimo a décimo.

"Vi que Rossi estava abrindo, mas não desisti, tinha muitas motivações e continuei forçando ao máximo", reconheceu o piloto da Honda.

Apesar da distância, uma batalha épica pela vitória estava se aproximando.

"Ele cometeu um erro, nós dois estávamos no limite. Quando o vi cair, eu também estava sofrendo".

"Pensei em muitas coisas, 2015 passou pela minha cabeça, a queda na Austrália, o que aconteceu ontem e ser campeão. Quando você já é, pode arriscar um pouco mais, não ia com a cabeça, ia com o coração, cheguei morto, mas com a missão cumprida."

"Nunca tinha ganhado largando em sétimo, outra nova motivação, sempre tento, sempre quero vencer."

O espanhol lamenta não ter havido a batalha pela vitória que todos esperam há muito tempo.

"Qualquer um poderia ter vencido, foi uma corrida de coração."

Next article
Rins: "Não acreditarem no meu pódio me motivou"

Previous article

Rins: "Não acreditarem no meu pódio me motivou"

Next article

Rossi se diz "devastado" por queda na Malásia

Rossi se diz "devastado" por queda na Malásia
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Evento GP da Malásia
Localização Sepang International Circuit
Pilotos Marc Marquez Shop Now
Autor Oriol Puigdemont
Tipo de matéria Reactions